http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Zonta leva Toyota a mais uma vitória na Copa Petrobras

Destaques ficaram por conta dos Mitsubishi Lancer de André Bragantini e Fernando Nienkotter, respectivamente segundo e terceiro colocados. Resultado deixa Toyota na primeira colocação da competição e leva Zonta à vice-liderança. Galid Osman ainda está na ponta

São Paulo (SP) – Ricardo Zonta fez barba, cabelo e bigode no final de semana da Copa Petrobras de Marcas. O ex-piloto de Fórmula 1 marcou a pole e venceu as duas corridas da terceira rodada dupla disputada no Autódromo de Interlagos. Na tarde deste domingo ele completou as 17 voltas em 33min06s445, média de 132,91 km/h.

Uma demonstração da superioridade de Zonta (Toyota Corolla XRS) foi que, por ter vencido pela manhã, à tarde ele largou em oitavo lugar na já tradicional inversão do grid entre os oito primeiros, e ainda assim terminou na frente com 1s895 de vantagem para André Bragantini (Mitsubishi Lancer GT) e 3s736 para Leonardo Nienkotter, também de Mitsubishi Lancer GT, no segundo pódio consecutivo da marca japonesa na temporada, pois na abertura da rodada, Bragantini também ficou em segundo lugar.

Ricardo Zonta recebe a bandeirada quadriculada em sua segunda vitória no dia

Ricardo Zonta recebe a bandeirada quadriculada em sua segunda vitória no dia


“Enfrentei dificuldades com o freio. Fiquei boa parte da prova atacando o Ricardo Maurício e isso superaqueceu o sistema. Assim que passei por ele, consegui manter o freio resfriado até o final sem nenhum problema”, disse Zonta.

André Bragantini disse que não está garantido para o restante da temporada, mas esses dois importantes segundos lugares podem ajudá-lo a continuar neste retorno à Copa Petrobras de Marcas.

“A largada foi fundamental nas duas provas, pois já comecei a ganhar algumas posições. Na primeira, meu carro estava muito traseiro, bem complicado de guiar e na segunda estava mais competitivo. A briga do Ricardinho com o Zonta me favoreceu em alguns momentos. O Zonta passou e começou a abrir. Quando ultrapassei o Ricardinho, sabia que seria mais fácil administrar a segunda posição do que tentar buscar o líder. Estou muito feliz pelo resultado, pela minha equipe e pela Mitsubishi”, disse Andrezinho.

Pódio com Zonta (c), Bragantini (e) e Nienkotter e representante da Toyota RZ

Pódio com Zonta (c), Bragantini (e) e Nienkotter e representante da Toyota RZ


Fernando Nienkotter, que largou na pole com a inversão dos oito primeiros colocados na corrida da manhã, também estava contente com o resultado que ajudou a Mitsubishi a melhorar sua posição na tabela de classificação.

“Começamos a temporada com dificuldades de acerto, mas nesses 90 dias de intervalo entre uma etapa e outra, deu para trabalhar bastante no carro. Fiz uma boa largada, soube o momento certo para ultrapassar o quarto colocado para vir ao pódio com essa turma de feras”, disse Fernando Nienkotter, que tem o irmão, Leonardo – ficou em sétimo lugar -, como companheiro de equipe.

Resultado da segunda corrida da terceira rodada dupla da temporada:

1) Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), 17 voltas em 33min06s445, média de 132,91 km/h
2) André Bragantini (Mitsubishi Lancer GT), a 1s895
3) Fernando Nienkotter (Mitsubishi Lancer GT), a 3s736
4) Vicente Orige (Honda Civic), a 4s394
5) Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), a 6s502
6) Julio Campos/Gabriel Casagrande (Chevrolet Cruze), a7s518
7) Leonardo Nienkotter (Mitsubishi Lancer GT), a 7s780
8) Alceu Feldmann (Honda Civic), a 8s588
9) Pedro Nunes (Toyota Corolla XRS), 13s228
10) Vitor Meira (Ford Focus), a 15s665
11) Galid Osman (Toyota Corolla XRS), a 15s993
12) Cesar Bonilha/Carlos SG (Ford Focus), a 20s316
13) Marco Cozzi/Kreis Jr. (Chevrolet Cruze), a 22s654
14) Jaidson Zini (Ford Focus), a 1 volta
15) Ricardo Maurício (Honda Civic), a 3 voltas
16) Leandro Romera (Chevrolet Cruze), a 11 voltas
17) Eduardo Rocha (Mitsubishi Lancer GT), a 12 voltas
18) Thiago Camilo (Ford Focus), a 13 voltas
19) Allam Khodair (Chevrolet Cruze), a 14 voltas
20) Felipe Gama (Honda Civic), a 14 voltas

Classificação entre as montadoras da Copa Petrobras de Marcas

1) Toyota, 208 pontos
2) Honda, 169
3) Chevrolet Cruze, 137
4) Mitsubishi, 108
5) Ford, 74

Classificação dos cinco primeiros pilotos da Copa Petrobras de Marcas

1) Galid Osman, 85 pontos
2) Ricardo Zonta, 78
3) Ricardo Maurício, 77
4) Leandro Romera e Alceu Feldmann, 66
5) Denis Navarro, 55

Classificação das equipes da Copa Petrobras de Marcas

1) Toyota RZ (Toyota Corolla XRS), 185
2) JLM Racing (Honda Civic), 110
3) J. Star Racing (Chevrolet Cruze), 104
4) Full Time Competições (Honda Civic) 15 24 30 16 0 0 85
5) Toyota Bassani (Toyota Corolla XRS), 76
6) Officer ProGP (Mitsubishi Lancer GT), 71
7) Amir Nasr Racing (Ford Focus), 70
8) Carlos Alves Competições (Chevrolet Cruze), 62
9) Local Frio Petrópolis Competições (Mitsubishi Lancer GT), 52
10) Cesinha Competições (Ford Focus), 8

Departamento de Comunicação da Vicar: Milton Alves (Mtb 16583/SP)
Fotos: Duda Bairros / Vicar


1555 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response