http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Will Power, o rei da SP Indy 300

No último fim de semana os bólidos da Fórmula Indy invadiram as rua de São Paulo. Pelo terceiro ano consecutivo a capital dos paulistas foi palco da São Paulo Indy 300.

O fim de semana de velocidade foi acompanhado pelo fantasma da chuva, desde a sexta-feira, dia de início dos treinos, o tempo esteve instável dificultando pilotos e equipes na hora de acerto dos carros. O circuito de rua têm agradado os pilotos, a reta na Marginal Pinheiros, a mais longa da temporada com mais de um quilometro de extensão, trouxe muita emoção à prova onde os bólidos ultrapassavam facilmente os 300 km horários.

O piloto americano, da Andretti Autosport, Ryan Hunter-Reay

Will Power, da Team Penske, no warm-up abaixo de chuva.

A prova contou com quatro pilotos brasileiros: Tony Kanaan, Hélio Castroneves, Rubens Barrichello e Bia Figueiredo. A torcida logo escolheu os seus preferidos, Barrichello dividia a atenção do público com a piloto Bia.

Rubens Barrichello, o piloto mais assediado na SP Indy 300.

A prova

Mas o fim de semana era mesmo do rei de São Paulo, Will Power. O piloto australiano da Penske mostrou que conhece tudo das ruas da cidade da garoa fazendo os melhores tempos tempos já nos treinos livres. No sábado Power confirmou a pole, tendo como companheiro na primeira fila o escocês Dario Franchitti. Tony Kanaan largou na 12 posição, seguido de Barrichello na 13. Castro Neves e Bia Figueiredo largaram em 20 e 21 respectivamente.

A largada prometia alguma confusão no S do samba, nome da primeira curva da pista, o que não aconteceu. O Australiano fez uma corrida impecável e conquistou mais uma vez a vitória nas ruas de São Paulo, a terceira consecutiva em solo paulista.

Largada limpa e domínio desde o início do piloto Will Power, da Team Penske.

Os brasileiros fizeram uma boa corrida, na metade da prova Kanaan ocupava a quarta colocação, Barrichello quinto e Castroneves sexto, mas infelizmente os brasileiros não mantiveram essa posições até o final. Bia Figueiredo fez uma excelente prova, saindo do vigésimo primeiro lugar o grid, a piloto chegou a ocupar a sétima posição na corrida fazendo belas ultrapassagens até chegar a esse posto. Mas infelizmente um acidente a poucas voltas do final fez quem que Bia perdesse várias posições na corrida, completando a prova na vigésima posição. Castroneves foi o brasileiro mais bem colocado com a quarta colocação. Barrichello terminou em décimo e Kanaan na décima terceira colocação.

A brasileira Bia Figueiredo, que fez uma ótima corrida de recuperação até se envolver em acidente no momentos finais da prova.

O acidente no final da prova tira a pretensão de boa colocação em casa para a piloto Bia Figueiredo, da Andretti Autosport.

Os álbuns completos da SP Indy 300 podem ser visto clicando aqui.

Confira a classificação da prova:

RESULTADO FINAL DA SÃO PAULO INDY 300

1º – Will Power (AUS) Penske – 75 voltas
2º – Ryan-Hunter Reay (EUA) Andretti – a 0s9045
3º – Takuma Sato (JAP) Rahal Letterman Lanigan – a 2s3905
4º – Helio Castroneves (BRA) Penske – a a 4s5489
5º – Dario Franchitti (GBR) Ganassi – a 5s1722
6º – James Hinchcliffe (CAN) Andretti – a 6s3615
7º – JR Hildebrand (EUA) Panther – a 8s3764
8º – Charlie Kimball (EUA) Ganassi – a 8s5905
9º – EJ Viso (VEN) KV – a 10s3449
10º – Rubens Barrichello (BRA) KV – a 10s8477
11º – Oriol Servia (ESP) Dragon – a 24s4771
12º – Simon Pagenaud (FRA) Schmidt Hamilton – a uma volta
13º – Tony Kanaan (BRA) KV – a uma volta
14º – Marco Andretti (EUA) Andretti – a uma volta
15º – James Jakes (GBR) Dale Coyne – a uma volta
16º – Graham Rahal (EUA) Ganassi – a uma volta
17º – Scott Dixon (NZL) Ganassi – a uma volta
18º – Sebastien Bourdais (FRA) Dragon – a uma volta
19º – Mike Conway (GBR) Foyt – a duas voltas
20º – Bia Figueiredo (BRA) Andretti – a duas voltas
21º – Ed Carpenter (EUA) Ed Carpenter – a três voltas
22º – Justin Wilson (GBR) Dale Coyne – a nove voltas/acidente
23º – Josef Newgarden (EUA) Sarah Fisher – a 14 voltas/acidente
24º – Simona de Silvestro (SUI) HVM – a 47 voltas/acidente
25º – Ryan Briscoe (AUS) Penske – a 54 voltas/acidente
26º – Katherine Legge (GBR) Dragon – a 55 voltas/acidente

Texto: Automobilismo em Foco (Murilo Carvalho)
Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes)


1999 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response