http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Vitória dá liderança isolada do Grand Challenge a João Campos

Piloto da equipe Sicredi Racing protagoniza com Fernando júnior duelo acirrado pelo primeiro lugar no autódromo de Curitiba

Atual campeão, João Campos comemorou neste sábado (26) mais uma vitória no Mercedes-Benz Grand Challenge, a sétima da equipe Sicredi Racing. O piloto gaúcho, que hoje vive na cidade catarinense de Itapema, cruzou a linha de chegada da terceira etapa, no Autódromo Internacional de Curitiba, apenas 137 milésimos de segundo à frente do também gaúcho Fernando Júnior, com quem dividia a liderança do campeonato.

Fernando Júnior largou da pole-position, com João Campos em segundo. As posições foram mantidas nas seis primeiras voltas, com pressão constante do campeão de 2011. Na abertura da sexta volta, o pole passou por cima da zebra no “S” lento ao fim da reta dos boxes, desequilibrando momentaneamente o carro. Foi o suficiente para Campos conseguir a ultrapassagem. A disputa entre os dois permaneceu intensa até a bandeirada final.

Depois de várias voltas pressionado, João Campos conseguiu construir uma vantagem cômoda o suficiente para administrar a liderança da corrida – uma situação que durou poucas voltas. Na fase decisiva da prova, Júnior aumentou o ritmo, obrigando o piloto da Sicredi Racing a uma pilotagem defensiva. Em vários momentos, contornaram curvas com seus carros lado a lado. Ao fim, a vantagem do vencedor era de pouco mais que um décimo de segundo.

“Foi uma das corridas mais difíceis que venci no automobilismo. Nossos carros estavam muito iguais, naquele tipo de situação em que o de trás só passa se o da frente cometer um errinho”, contou Campos, depois de comemorar no pódio sua segunda vitória na temporada. “Felizmente para mim o Fernando pegou a zebra e desequilibrou um pouco, isso me permitiu passar por fora na reta oposta e conseguir ficar com a liderança”, continuou o vencedor.

Os pilotos enfrentaram uma dificuldade adicional nas três voltas finais – havia óleo na pista. “Foi na pista inteira, qualquer um poderia ter rodado por causa disso, mas deu tudo certo. Foi uma disputa forte, mas com muita lisura”, apontou o líder do campeonato, que exibe no carro número 31 da Sicredi Racing as cores de Icatu e Mapfre, seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi. Ele foi a 57 pontos na liderança, contra 54 do vice Fernando Júnior.

A rodada dupla Curitiba terá complemento neste domingo (27), com a quarta etapa da temporada 2012. Márcio Campos, filho e companheiro de equipe de João, assumirá o carro da Sicredi Racing, em sexto do grid – há inversão das seis primeiras posições em relação ao resultado da primeira prova. A corrida terá largada às 11h e será transmitida ao vivo pela Rede TV!, com narração de Luc Monteiro, comentário de Mário Laffitte e reportagem de Kaká Ambrósio.

Depois de 19 voltas, o resultado final da terceira etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge, neste sábado, foi o seguinte:

1º) João Campos/Márcio Campos (RS/RS), Sicredi Racing, 30min13s976
2º) Fernando Júnior (RS), WCR, a 0s137
3º) Cesare Marrucci (SP), Center Bus-Petrobras, a 7s210
4º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Europamotors, a 7s525
5º) José Fernando Amorim Júnior (SP), Fiolux Motorsport, a 20s745
6º) Beto Rossi (SP), Center Bus-Petrobras, a 33s199
7º) Carlos Kray (RS), CKR Racing, a 33s621
8º) Léo de Nigris (SP), De Nigris-Europamotors, a 34s561
9º) Peter Gottschalk Júnior (SP), Paioli Racing, a 1min11s297
10º) Sérgio Chamon (SP), Paioli Racing, a 1min11s297
11º) Peter Michel Gottschalk (SP), Paioli Racing, a 1min16s463
12º) Rubens Tilkian (SP), Scuderia 111, a 1min27s335
13º) Sérgio Martinez (SP), Manelão Competições, a 1min46s874
14º) Renato Camargo (SP), De Nigris-Europamotors, a 1 volta
15º) Humberto Santos (SP), RSports, a 2 voltas
NÃO COMPLETOU
Roberto Santos (SP), Della Via Racing, a 10 voltas
Melhor volta: Fernando Júnior, na 1min34s069, média de 141,406 km/h

Texto: Grelak Comunicação
Imagens: Fernanda Freixosa


1946 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response