http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Único a vencer com três marcas, Monteiro se diz “em casa” na Scuderia Iveco

Campeão de 2004 destaca progresso da equipe na última temporada e inclui seu nome na lista de favoritos ao topo do pódio

Desde que chegou à Fórmula Truck em 1999, para uma participação pontual na etapa de Pernambuco, sua terra natal, Beto Monteiro passou por um processo de ambientação que o consolidou, rapidamente, entre os principais nomes da categoria. Natural de Recife, o piloto cumprirá em 2012 sua quarta temporada como piloto da Scuderia Iveco e admite que uma das metas para os próximos anos é não ampliar um de seus recordes.

Monteiro é o único piloto da F-Truck que conquistou vitórias pilotando caminhões de três marcas. As quatro primeiras foram pela Ford, nas etapas de Brasília e Curitiba, em 2002, e de Caruaru e Goiânia em 2004, ano em que foi campeão brasileiro. Ele voltaria ao degrau mais alto do pódio em Guaporé, na abertura do campeonato de 2008, com um Scania, e na oitava corrida de 2010, no Velopark, confirmando o primeiro triunfo da Iveco.

Outra estatística comandada por Beto Monteiro, atrelada à diversidade de marcas, está na freqüência no pódio. Além de Ford, Scania e Iveco, o único representante nordestino nas pistas da F-Truck também já esteve no pódio de corridas que disputou com um caminhão Volvo. “Nenhum piloto conseguiu ganhar corridas com três marcas, fui o único, mas essa é uma marca em que eu não quero mexer, não. Está bom assim”, comenta.

O piloto manifesta sua identificação com a marca e com a equipe. “No que depender de mim, vou continuar correndo pela Scuderia Iveco pelo resto da vida”, assegura Monteiro. “Aqui eu estou absolutamente em casa. Existe um envolvimento muito grande da Iveco, da engenharia, da diretoria nacional, de todos, eles vestem a camisa, mesmo. A dedicação e a vontade de trabalhar da equipe também enchem a gente de motivação”, continua.

O piloto pernambucano destaca o cronograma de desenvolvimento do caminhão. “É um planejamento muito bacana, que foi implantado pela própria fábrica e que tem dado um resultado fantástico. Existe um envolvimento de 100%. Nossa equipe cresceu muito no ano passado, até porque nós temos trabalhado duro. A segunda metade do campeonato foi fantástica, houve duas corridas em que a gente de vitória era real”, lembra.

“O que eu pretendo aumentar é meu número de vitórias, e neste ano eu estou sentindo que a gente vai estar ali para brigar pelo título”, ele avisa. “Não estou dizendo que vá ser fácil. Pelo contrário, 2012 vai ser um dos anos mais difíceis para ganhar corridas. Eu posso enumerar facilmente aqui uns 10 pilotos que têm chances reais de vencer”, propôs. Ao listar seus favoritos a vitórias, incluindo seu próprio nome, chegou a 14 nomes.

CALENDÁRIO

O Brasileiro de F-Truck terá 10 etapas:
4 de março – Velopark (RS)
1º de abril – Jacarepaguá (RJ)
6 de maio – Caruaru (PE)
3 de junho – Goiânia (GO)
8 de julho – Interlagos (SP)
5 de agosto – a definir
9 de setembro – Córdoba (ARG)
14 de outubro– Guaporé (RS)
11 de novembro – Curitiba (PR)
9 de dezembro – Brasília (DF)

As etapas do Velopark, de Caruaru, de Interlagos e de Córdoba vão valer, também, pelo Campeonato Sul-Americano.

Texto: Grelak Comunicação – (45) 3037-6667
Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes)


2142 dias ago by in Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response