http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Rally dos Sertões: Felipe Zanol supera temido Jalapão e dispara na liderança

Mineiro conquistou a vitória na especial que teve 468 quilômetros, considerada a mais longa da 20ª edição

“Especial mais longa do rali e a mais temida”, foi com este conceito que o piloto Honda Felipe Zanol, líder da categoria motos, encarou a sexta etapa do Rally dos Sertões, realizada nesta sexta-feira (24), de Palmas (TO) a Alto Parnaíba (MA). Sob forte calor, tempo seco e nas areias do temido deserto do Jalapão, Zanol foi quem se deu melhor ao vencer a especial, considerada a mais longa da 20ª edição com 468 quilômetros, com o tempo de 5h56min14s. O percurso foi marcado pelo início da segunda maratona, prova na qual apenas os pilotos podem fazer manutenção nas motos, sem auxílio das equipes de apoio. Jean Azevedo foi o segundo colocado, seguido de Nielsen Bueno (Honda) e Dário Júlio (Honda).

Logo após a prova, a organização divulgou que o piloto apoiado pela Honda, Nielsen Bueno, havia vencido a especial. Porém, corrigiu a informação minutos depois. Com o resultado, Zanol ampliou a vantagem na liderança da classificação geral acumulada, que agora é de 27 minutos para o vice-líder Jean Azevedo. Dário Júlio é o terceiro, seguido de Nielsen, que também lidera a Production Aberta.

Durante a rápida passagem pelo Tocantins, os pilotos tiveram que colocar em prática todo o conhecimento, ter muito cuidado e poupar ao máximo o equipamento. “Tive que ter atenção redobrada nesta prova. É muito difícil acelerar no Jalapão. Além de ser um lugar complicado, tivemos o início da segunda maratona. Acelerei forte, mas ao mesmo tempo tomei cuidado para não trazer nenhum problema à CRF-450X”, comenta Zanol, que chegou a terceira vitória na competição.

O complemento da segunda maratona acontece neste sábado (25), de Alto Parnaíba (MA) a Bom Jesus (PI), cidade que pela primeira vez recebe a competição. O trajeto total é de 368 quilômetros, sendo 277 de cronometrados (especiais). “A especial passará em áreas agrícolas, fazendas e trechos de piçarra. É necessário ter atenção para finalizar bem a maratona”, complementa Dário.

Após seis etapas realizadas, o Rally dos Sertões 2012 terá mais 2.012 quilômetros no percurso total, sendo 858 quilômetros de cronometrados (especiais). A chegada acontece na próxima terça-feira (28) em Fortaleza (CE), a partir das 14h30, no Centro de Eventos Ceará.

Resultado – sexta etapa (extraoficial)

1- #1 Felipe Zanol 5h56min14s
2- #25 Jean Azevedo 5h57min40s
3- #35 Nielsen Bueno 6h06min44s
4- #3 Dário Júlio 6h13min51s
5- #8 Guto Klaumann 6h26min45s

Resultado acumulado após seis etapas (extraoficial)

1- #1 Felipe Zanol 20h26min31s
2- #25 Jean Azevedo 20h53min36s
3- #3 Dário Júlio 21h00min17s
4- #35 Nielsen Bueno 21h39min57s
5- #8 Guto Klaumann 22h55min35s

Sétima etapa:
Sábado (25/08)
Alto Parnaíba (MA) – Bom Jesus (PI)
Deslocamento Inicial: 35 km
Trecho de Especial: 277 km
Deslocamento Final: 55 km
Total: 368 km

Texto: Assessoria de Imprensa Honda
Imagens: Dfotos/VIPCOMM


1941 dias ago by in Motociclismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response