http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Miguel Paludo brilha na abertura da Porsche GT3 Cup em Curitiba

De ponta a ponta e com a melhor volta, Cristiano Piquet ratifica domínio na classe Challenge em Curitiba

O bicampeão Miguel Paludo foi o nome da rodada dupla de abertura da Porsche GT3 Cup em Curitiba. Agora competindo com o Porsche #7, o gaúcho fez um festival de ultrapassagens para terminar as duas corridas no pódio –sendo a segunda na posição mais alta.

Na corrida 1, ao tentar ultrapassar Lico Kaesemodel pelo segundo lugar, Paludo rodou. Caiu para 13º e terminou em quarto. Na corrida 2, largou em sétimo e venceu.

imagem_release_612283_PALUDO

Pela classe Challenge o dia foi de Cristiano Piquet, com um irretocável Grand Chelem.

Nas subdivisões também não faltou emoção.

imagem_release_612265_PIQUET

Destaque da Cup Master, Tom Valle não só arrebatou as duas vitórias na classe para pilotos acima de 50 anos de idade, como de quebra terminou a prova 2 em segundo lugar no geral.

Pela Cup Sport, Carlos Ambrósio venceu a primeira com o sexto lugar no geral, e viu Marcio Basso triunfar na classe de entrada na corrida 2. O competidor do Porsche #2 mostrou muita garra para se recuperar de um toque na largada e saiu de Curitiba não apenas com seu primeiro troféu pela vitória, como com a liderança na divisão.

Na Challenge Sport o dia foi do estreante Eloi Khouri, que largou em sexto e recebeu a bandeirada na mesma posição –numa jornada em que conseguiu andar de igual para igual com os mais experimentados pilotos da categoria.

A próxima etapa do Campeonato Sul-Americano da Porsche GT3 Cup Challenge acontece nos dias 23 e 24 de abril no autódromo argentino de Termas de Río Hondo.

AS CORRIDAS

Cup – prova 1

Schneider pulou por dentro e assumiu a ponta. Edu Azevedo também largou bem, de oitavo para quarto.

No término da volta 1 a ordem era Schneider, Lico, Paludo, Edu e Queirolo.

O Porsche #13 então pressionou Edu Azevedo na entrada do S de baixa na volta 3. Houve o contato e quem levou a melhor foi o bicampeão Ricardo Baptista, que passou os dois de uma só vez e assumiu a quarta posição.

Na volta seguinte, Paludo tentou passar Lico por fora no mesmo ponto e acabou escapando da pista depois de bloquear a roda dianteira direita.

imagem_release_612267_LARGADA_CORRIDA1_600

Ao término da quinta volta, o top5 tinha Schneider, Lico, Ricardo Baptista, Carlos Ambrósio (liderando na Cup Sport) e Edu Azevedo. Em oitavo, Tom Valle acompanhava o ritmo de JP Mauro e Adalberto Baptista que duelavam à sua frente e liderava na Master.

Na décima volta os cinco primeiros seguiam inalterados, mas Ricardo Baptista dançava com o carro #27 atrás de Lico Kaesemodel. Até que o bicampeão conseguiu assumir a vice-liderança no final da reta.

A seguir o safety-car foi acionado para resgate do carro de Marcelo Hahn, reagrupando o pelotão.

Na relargada na volta 12 as primeiras posições seguiram inalteradas, salvo por Paludo, superando Tom Valle pelo oitavo lugar. Depois o carro #7 passou Adalberto Baptista e JP Mauro, avançando até sexto.

A dois minutos da abertura da última volta, Paludo pressionava Edu Azevedo e Carlos Ambrósio duelava com Edu Azevedo. Na volta 18, o gaúcho superou os dois e abriu a volta final em quarto (depois de cair para 13º lugar!)

Na bandeirada, Daniel Schneider venceu, seguido por Ricardo Baptista, Lico, Paludo e Edu Azevedo.

Carlos Ambrósio cruzou em sexto e venceu na classe Sport, 2s à frente de Adalberto Baptista (sétimo no geral e segundo na classe de entrada). JP Mauro foi o melhor estreante da prova, fechando em oitavo. Tom Valle, em nono, foi também o grande vencedor da Cup Master, enquanto Pedro Queirolo fechou o top10.

Cup – Prova 2

O sorteio após a primeira corrida determinou inversão das 10 primeiras posições para a formação do segundo grid, com Queirolo e Tom Valle na primeira fila.

Diferente das outras largadas porém, a tomada da primeira curva ficou estreita demais para todos os carros. Aldaberto Baptista, Carlos Ambrósio, Gil Farah, Marcio Basso e Daniel Schneider acabaram envolvidos.

imagem_release_612273_LARGADA_CORRIDA2_600

O top 5 registrava Queirolo, Tom Valle, Edu Azevedo, JP Mauro e Miguel Paludo quando o safety-car deixou a pista no final da segunda volta. Na relargada, Paludo passou JP na entrada do S de baixa. Na volta seguinte, superou Edu Azevedo no mesmo trecho. Logo atrás, Ricardo Baptista obrigava JP Mauro a adotar traçado defensivo.

Na sexta volta, enquanto JP se virava para segurar Baptista, Paludo passou Tom Valle pela vice-liderança.

Na marca de 10 voltas, Paludo grudou em Queirolo pela liderança, seguido por Tom Valle (liderando a Master), Edu Azevedo e JP Mauro, com Baptista embutido em sua traseira. Marcelo Hahn foi obrigado a recolher para box enquanto liderava na classe Cup Sport –e Marcio Basso, que se recuperou do incidente na curva 1 na largada, assumiu a ponta na classe de entrada.

Depois de cinco voltas pressionando Queirolo, Paludo conseguiu tracionar melhor na saída do S de baixa e emparelhou com o carro #13. Miguel ganhou a tangência, mas Queirolo insistiu por fora. Houve contato entre os carros, com o #13 rodando e caindo para quinto lugar. Paludo seguiu na ponta.

A três voltas do final, Queirolo foi ultrapassado por Lico Kaesemodel e caiu para sexto. Depois Ricardo Baptista também o superou na entrada da reta dos boxes.

Paludo foi o primeiro a ver a bandeira quadriculada, seguido por Tom Valle (vencedor na Master), Edu Azevedo, JP Mauro e Lico Kaesemodel.

Ricardo Baptista, Maurizio Billi, Guilherme Figueiroa, Fabio Alves e Marcelo Stallone completaram o top10. Marcio Basso passou em 13º e venceu na Cup Sport.

Challenge

Os quatro primeiros mantiveram suas posições de largada (nesta ordem: Cristiano Piquet, Daniel Paludo, Rodrigo Mello e Gonzalo Huerta). Otavio Mesquita saltou bem, conquistando três posições para chegar a quinto.

imagem_release_612279_LARGADA_CHALLENGE_600

No pelotão intermediário, Daniel Corrêa era o destaque no início, saindo de 18º para décimo em duas voltas.

Após cinco voltas, o top5 permanecia o mesmo. Mas nas cinco posições seguintes a briga era dura. Eloi Khouri havia superado o português João Lemos pelo sexto lugar na geral e liderança na Challenge Sport. O competidor do carro #41 que passou a ser muito pressionado por Luiz Fernando Elias, Ramon Alcaraz e Daniel Corrêa. Até que escapou da pista.

Na volta 8 o safety-car foi acionado para resgate seguro dos carros #2 e #44, que haviam escapado no “S” de alta.

A menos de 10 minutos do final da prova, o top10 na relargada registrava: Cristiano Piquet, Daniel Paludo, Rodrigo Mello, Gonzalo Huerta, Otavio Mesquita, Eloi Khouri, Luiz Fernando Elias, Daniel Corrêa, Ramon Alcaraz e Luiz Arruda.

imagem_release_612275_HUERTA_600

Na bandeira verde os dois primeiros mantiveram a ponta, mas Gonzalo surpreendeu Rodrigo Mello e avançou para terceiro, enquanto Daniel Corrêa passou Alcaraz.

Na volta 13, o carro #88 perdeu a tangência e parou na barreira de pneus, provocando nova intervenção do carro de segurança –que deixou a pista a uma volta do final.

Crisitano Piquet comemorou a vitória de ponta a ponta e de quebra fez a melhor volta da prova –“Grand Chelem”. Paludo, Huerta, Mello e Mesquita fecharam o pódio no geral. Daniel Corrêa abriu a volta final conquistando a sexta posição por fora e recebeu a bandeirada a um décimo de Otávio Mesquita.

Em sétimo, Eloi Khouri fez sua estreia na categoria com a vitória na Challenge Sport. Na classe de entrada, compuseram o pódio, nesta ordem: Ramon Alcaraz, Luiz Fernando Elias, Roberto Samed e Christian Germano.

Após a corrida, Daniel Paludo foi penalizado em 20s e caiu para 12º no geral –consequentemente, todos os pilotos que receberam a bandeirada de terceiro a 11º ganharam uma posição.

DECLARAÇÕES DOS PILOTOS

Todas as voltas eu vinha no limite desde o começo da prova. Meu principal objetivo era passar a curva 1 sem acidentes e consegui fazer isso. Percebi que ia dar alguma confusão e consegui segurar minha posição sem ninguém me bater. A partir daí foi passar um por vez. No meio da prova meus pneus acabaram, fiquei lento no S de alta. Mas vi que o Pedro vinha segurando a liderança e no fim consegui chegar nele. Disputamos e consegui passar e ganhar a corrida. Fico triste que ele acabou rodando, mas são coisas de corrida. Foi muito bom sair com um quarto, uma vitória e a liderança do campeonato com o pessoal da Brandt aqui na pista acompanhando esta primeira etapa. Não poderia ter sido um fim de semana mais positivo, começou com um imprevisto da rodada mas a gente não desiste nunca e como eu sempre digo: Não tá morto quem peleia!

imagem_release_612282_PALUDO_600

MIGUEL PALUDO, líder do campeonato da classe Cup

Começamos muito bem ontem com a pole, mas hoje foi complicado. Na primeira corrida meu carro era muito traseiro (erramos feio no setup), mesmo assim consegui chegar em terceiro, o que até foi uma boa posição. Na segunda corrida, largando em oitavo, não consegui ver o farol na hora da largada e perdi algumas posições. Quando vi, no final da reta, estava uma confusão e tive que passar por fora. Nisso perdi o extrator na frente. Aí fiquei com o carro meio estragado, passei uns três ou quatro e o resto vim herdando as posições. Estou em segundo no campeonato e agora vamos para a Argentina ver se melhora

LICO KAESEMODEL, vice-líder da classe Cup

A largada foi muito boa. Consegui pular bem e o Lico que estava em primeiro acho que acabou se preocupando mais com o Miguel que vinha em segundo e também largou bem. E acho que ele esqueceu de me bloquear pela direita. Daí ficou uma avenida por ali e consegui passar tranquilo. A bandeira amarela depois gerou uma emoção meio desnecessária, que o Ricardo vinha atrás, muito rápido. Mas deu para controlar apesar da dificuldade. A segunda corrida foi uma tragédia, fui acertado em um acidente de corrida. É chato, mas acontece

DANIEL SCHNEIDER, vencedor da corrida 1 da Cup

Dobradinha foi muito bom. Deu certo, com o carro muito bem regulado na segunda corrida. Talvez um pouco mais treinado daria para andar perto do Paludo e do Queirolo mas foi bom assim mesmo. Achei que os dois pudessem se estranhar em algum momento, como aconteceu, e deu certo

imagem_release_612269_TOM_VALLE_600

TOM VALLE, vencedor das duas provas na Cup Master

O carro ficou todo danificado depois do contato no início e fiz o que deu. Foi muito legal. Estou muito feliz com a vitória, é um sonho e ainda não caiu a ficha. Fui um sobrevivente nessa história. Me protegi como sempre mas acabaram me tocando e mandando pra parede e desalinhou toda a frente

imagem_release_612271_BASSO_600

MARCIO BASSO, líder do campeonato da Cup Sport

Na primeira corrida deu tudo certo. Conseguimos largar bem e fiquei com ritmo bom. O safety-car não foi tão bom para mim, mas terminar em sexto no geral e primeiro na categoria foi muito bom. Foi pena a segunda corrida, errei a freada na primeira curva e acabou dando aquele enrosco com outros

CARLOS AMBRÓSIO, vencedor da prova 1 da Cup Sport

Estou muito contente. Não esperava chegar a top5 e fui capaz de brigar com o Ricardo Baptista, que é um dos melhores pilotos da categoria, não só nas temporadas recentes, mas em toda a história do evento. Então fico muito feliz e vou mais motivado ainda para a Argentina.

imagem_release_612270_JP_MAURO_600

JP MAURO, melhor estreante da classe Cup

Como diz meu preparador, o Marcelo, hoje foi barba, cabelo e bigode. Foi maravilhoso. Tenho que agradecer ao time. Com o carro que me deram hoje eu tinha obrigação de ganhar. E agradeço também aos patrocinadores Carelli Propriedades, Porsche Design Towers Brava e Piquet Realty

CRISTIANO PIQUET, vencedor da corrida e líder do campeonato da Challenge

Meu sorriso hoje diz tudo! Não imaginava que ia ter essa sorte de largar bem, porque tinha muito carro em volta e estava preocupado com a freada. Mas na hora que o pelotão se encaixou, relaxei total e desfrutei da prova. Daí foi só pilotar com calma. Busquei os caras da frente e consegui acompanhar o pessoal que disputa a Challenge no geral. Gostei muito do fair play do pessoal, houve muito respeito na corrida toda

imagem_release_612274_KHOURI_600

ELOI KHOURI, vencedor na classe Challenge Sport

Começamos muito bem o campeonato. Estou muito feliz com o segundo lugar na Sport mesmo com um probleminha de pneu me obrigando a ser um pouco mais conservador. Estou muito contente com o início e a parte mais legal foi conseguir acompanhar o pelotão da frente e abrir uma vantagem do pelotão de trás

RAMON ALCARAZ, segundo colocado na classe Challenge Sport

Larguei muito bem, mas na troca de marcha acabei perdendo um monte de posição. Daí precisei ir para recuperação e consegui. Foi um fim de semana de volta por cima. O treino foi ruim, com pneu novo na classificação baixei 2s5 na tomada. E foi assim a etapa toda, escondi o jogo no início e depois mostrei velocidade. Mas ainda não matei a saudade do Porsche, quero mais!!

CHRISTIAN GERMANO, quinto colocado na classe Challenge Sport

Faltou tempo de bandeira verde… O safety-car acabou me prejudicando um pouco. Mas ganhar 12 posições não é pra qualquer um. Estou contente porque nossas parciais durante a corrida estavam equivalentes às dos três primeiros, então para a próxima etapa acho que vai dar uma briga boa. A experiência de passar os concorrentes foi especial: nessa hora quem guia é a adrenalina e fico contente pela recuperação. Uma pena só que não deu pódio na pista, mas valeu sair daqui com um troféu depois da punição ao Paludo

imagem_release_612276_daniel_600

DANIEL CORRÊA, quinto colocado na classe Challenge, após largar em 18º

Muito legal voltar para a categoria e com um pódio foi melhor ainda. Agora é tentar continuar rápido e ser consistente na corrida, que senti ainda um pouco de falta de ritmo. Vamos ver se conseguimos dar mais esse passo a diante com o decorrer do campeonato

DANIEL PALUDO, segundo na bandeirada, mas punido em 20s depois da prova da Challenge

RESULTADOS DAS CORRIDAS

Cup – Corrida 1

1° 77 CUP D. Schneider
2° 27 CUP R. Baptista
3° 63 CUP L.Kaesemodel
4° 7 CUP M. Paludo
5° 88 CUP E.Azevedo
6° 18 SPO C. Ambrósio
7° 10 SPO A. Baptista
8° 90 CUP JP Mauro
9° 99 MAS T. Valle
10° 13 CUP P. Queirolo
11° 9 MAS G. Figueiroa
12° 81 SPO G. Farah
13° 34 MAS M. Billi
14° 2 SPO M. Basso
15° 17 MAS M. Stallone
16° 26 MAS C. Dahruj
17° 12 MAS F. Alves
18° 44 MAS P. Pomelli
19° 16 SPO M. Hahn
20° 15 CUP M. Visconde

Cup – Corrida 2

1° 7 CUP M. Paludo
2° 99 MAS T. Valle
3° 88 CUP E.Azevedo
4° 90 CUP JP Mauro
5° 63 CUP L.Kaesemodel
6° 27 CUP R. Baptista
7° 34 MAS M. Billi
8° 9 MAS G. Figueiroa
9° 12 MAS F. Alves
10° 17 MAS M. Stallone
11° 26 MAS C. Dahruj
12° 13 CUP P. Queirolo
13° 2 SPO M. Basso
14° 16 SPO M. Hahn
15° 77 CUP D. Schneider
16° 10 SPO A. Baptista
17° 18 SPO C. Ambrósio
18° 81 SPO G. Farah
19° 44 MAS P. Pomelli
20° 15 CUP M. Visconde

Challenge

1° 8 CHA C. Piquet
2° 7 CHA G. Huerta
3° 29 CHA R. Mello
4° 56 CHA O. Mesquita
5° 69 CHA D. Corrêa
6° 21 SPO E. Khouri
7° 50 SPO R. Alcaraz
8° 27 SPO L.F. Elias
9° 38 SPO R. Samed
10° 51 SPO C. Germano
11° 80 SPO R.Ziemkiewicz
12° 89 CHA D. Paludo
13° 37 SPO G. Reischl
14° 44 SPO B.Leite
15° 41 SPO J. Lemos
16° 77 SPO F. Horta
17° 88 SPO L. Arruda
18° 2 SPO A. Amaral
19° 11 CHA M. Mauro

Texto: Luis Ferrari – (11) 98666-8307
Imagens: Luca Bassani
Vídeo: Porsche


588 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.