http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Márcio Campos é Tri na Mercedes-Benz Grand Cahllenge

Com uma vitória no sábado e um sétimo lugar na prova de domingo, o piloto gaúcho conquistou o tricampeonato da categoria.

O fim de semana da grande final da Mercedes-Benz Grand Cahllenge foi de emoção no autódromo internacional de Tarumã, em Viamão. No sábado, dia de treinos e da sétima etapa da temporada, o gaúcho Márcio Campos (RS/Sicredi Racing) dominou os treinos livres e cravou a pole position com 1min13s621 quase 10 segundo de vantagem sobre Edson Coelho Júnior (MG/RSports), que completou a primeira fila.

Márcio Campos

Márcio Campos


Na prova Campos liderou com tranquilidade. Assumiu a ponta já na curva uma e nas primeiras voltas já contava uma boa vantagem, 16 segundos sobre o segundo colocado, Arnaldo Diniz Filho (SP/Dragão Motorsport). Só perdeu a liderança na hora da parada obrigatória nos boxes. Em segundo chegou Diniz, em terceiro Neto de Nigris (SP/Europamotors-Gramacho Racing), em quarto Peter Michael Gottschalk (SP/Paioli Racing), e Fernando Amorim Júnior (SP/Fiolux-RSports) completou o pódio.

Domingo

O domingo também começou bem para Campos. Na parte da manhã o piloto mais uma vez cravou a pole. Mas, na largada, ele já foi ultrapassado por Edson Júnior, que largou em segundo. Mas as dificuldades do gaúcho não pararam aí. Na sétima volta Campos sofreu um toque do piloto Cesare Marrucci (SP/WRacing), na estrada do Tala. O gaúcho rodou e voltou na décima terceira colocação. O piloto teve que investir numa corrida de recuperação.

Campos comemorando o tricampeonato

Campos comemorando o tricampeonato


Mas o drama do tricampeonato ainda não tinha terminado. Quando buscava subir posições Campos foi prensado contra o muro na estrada da reta dos boxes, o Mercedes #31 chegou a encostar no muro, mas Campos conseguiu controlar o carro e seguiu na corrida. O gaúcho terminou a corrida em sétimo e Neto De Nigris, o único que ainda poderia ser campeão terminou em segundo. Os pilotos terminaram empatados em pontos, o campeonato foi decidido com o critério de desempate, número de vitórias: três de Campos para duas de De Nigris.
Edson Júnior

Edson Júnior


Edinho, o estreante na categoria venceu a prova, o que lhe garantiu a terceira colocação no campeonato. De Nigris em segundo, Arnaldo Diniz em terceiro, Rubens Tilkian em quarto e Arnaldo Diniz filho em quinto.
Edinho comemorando a viótria na oitava etapa em Tarumã

Edinho comemorando a viótria na oitava etapa em Tarumã


A classificação final do Mercedes-Benz Grand Challenge após oito etapas:
1º) Márcio Campos (RS/Sicredi Racing), 125
2º) Neto de Nigris (SP/Europamotors-Gramacho Racing), 125
3º) Edson Coelho Júnior (MG/RSports), 105
4º) Rubens Tilkian (SP/Dragão Motorsport),103
5º) Arnaldo Diniz Filho (SP/Dragão Motorsport), 67
5º) Cesare Marrucci (SP/WRacing), 67
7º) Fernando Amorim Júnior (SP/Fiolux-RSports), 65
8º) Marcos Paioli (SP/Paioli Racing), 55
9º) Léo de Nigris (SP/Europamotors-Gramacho Racing), 54
10º) Peter Gottschalk Júnior (SP/Paioli Racing), 47
11º) Peter M. Gottschalk (SP/Paioli Racing), 46
12º) Betinho Sartório (ES/Della Via Racing), 36
13º) Fernando Júnior (RS/WCR), 30
14º) Linneu Linardi (SP/Manelão Competições), 30
15º) Beto Rossi (SP/RSports), 29
16º) Rafael Zappelini (SC/ Rodoerre Racing), 25
17º) Roberto Santos (SP/Della Via Racing), 23
18º) Raphael Teixeira (GO/Rodoerre Racing), 14
19º) Humberto Santos (SP/RSports), 9
20º) Tale Lombardi (SP/Rsports Racing), 6
20º) Gustavo Marques (SP/Rsports Racing), 6
22º) Jorge Tamake Júnior (SP/Paioli Racing), 4

Texto e imagens: Automobilismo em Foco (Murilo Carvalho – MTB/RS 9161)


1422 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response