http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Márcio Campos e Motortech Competições abrem Brasileiro de Turismo na vice-liderança

Atual campeão da série de acesso à Stock Car finaliza primeira rodada dupla da temporada com dois terceiros lugares

Com dois terceiros lugares nas corridas de sábado (5) e domingo (6), o atual campeão Márcio Campos abriu na vice-liderança a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro de Turismo. O piloto gaúcho marcou 28 pontos e fechou o evento no Autódromo Internacional de Curitiba a 12 do paranaense Gabriel Casagrande, da C2 Team, vencedor das duas primeiras das 15 corridas que vão compor a temporada de 2016 da série de acesso à Stock Car.

a4c5f8aca01ec433fc1c87d09ea37edb_600

A C2 Team, que também conquistou um quarto e um quinto lugar com o paulista Marco Cozzi, somou 65 pontos e abriu a temporada em primeiro lugar na classificação entre as equipes. A Motortech Competições, dona do título de 2015, chegou a 47 pontos, já que somou também um sétimo e um oitavo lugar com seu outro piloto, o também gaúcho Gabriel Robe – ele terminou a primeira corrida em quarto e acabou sofrendo uma punição posterior.

A largada da prova deste domingo não foi produtiva para os pilotos da Motortech Competições. Campos caiu do quarto para o quinto lugar. No caso de Robe, a queda foi de duas posições, de sétimo para nono. Na terceira volta, a tentativa de tomar o oitavo lugar de Mauri Zaccarelli forçou Robe a uma saída de pista ao fim da reta dos boxes para evitar um toque. Quando voltou, teve seu carro atingido pelo de Lukas Moraes e rodou na pista.

6dc37aa04ce76ebd8f0345e803467751_600

No mesmo ponto, Campos tentou a ultrapassagem sobre Raphael Reis no início da quinta volta. Pietro Rimbano, que vinha em sexto, aproveitou-se da disputa entre os dois para tomar a linha interna do traçado e assumir o quarto lugar. Reis chegou a sair da pista e voltou à frente de Campos, que o superou na abertura da sexta volta. A essa altura, o atual campeão estava quase oito segundos atrás do líder Gabriel Casagrande.

Os pit stops, novidade do regulamento de 2016 para a segunda corrida de cada rodada dupla, começaram na 11ª volta. Campos fez sua parada nos boxes no início da janela de voltas reservada ao procedimento. Concluída a série de paradas, Casagrande manteve a liderança com vantagem de mais de sete segundos sobre o vice-líder Rimbano. Myasava, Coelho, Cozzi e Campos completavam as seis primeiras posições. Robe era o 12º.

1335bbd2761f95ca520e20525329593f_600

Myasava rodou na reta oposta no início da 16ª volta e Coelho, logo atrás, diminuiu o ritmo para não atingir seu carro. Os dois foram superados por Cozzi e Campos, que, acompanhados de Coelho, passaram a travar uma disputa acirrada pelo terceiro lugar na corrida. Campos alcançou seu 16º pódio – recorde absoluto no Brasileiro de Turismo – com uma ultrapassagem sobre Cozzi na reta dos boxes, na abertura da 20ª volta.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO
(Resultado final da primeira etapa após 17 voltas)
1º) Gabriel Casagrande (PR/C2 Team), 26min44s043
2º) Edson Coelho Júnior (MG/W2 Racing), a 1s619
3º) Márcio Campos (RS/Motortech Competições), a 5s510
4º) Gustavo Myasava (PR/J. Star Racing), a 13s273
5º) Marco Cozzi (SP/C2 Team), a 14s002
6º) Raphael Reis (DF/Hitech Racing), a 23s168
7º) Gabriel Robe (RS/Motortech Competições), a 33s063
8º) Mauri Zaccarelli (SP/Nascar Motorsport), a 33s292
9º) Lukas Moraes (SP/RR Racing), a 34s760
10º) Guto Matiazzi (PR/RZ Motorsport), a 42s396
11º) Pietro Rimbano (SP/Voxx Racing), a 1 volta
12º) Adibe Marques (PR/Voxx Racing), a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM
Felipe Donato (DF/J. Star Racing), a 9 voltas
Gustavo Frigotto (PR/RKL Motorsport 2), a 10 voltas
Dennis Dirani (SP/W2 Racing), a 14 voltas
Melhor volta: Casagrande, na 9ª, 1min26s545, média de 153,700 km/h

(Resultado final da segunda etapa após 22 voltas)
1º) Gabriel Casagrande (PR/C2 Team), 32min50s717
2º) Pietro Rimbano (SP/Voxx Racing), a 4s086
3º) Márcio Campos (RS/Motortech Competições), a 10s037
4º) Marco Cozzi (SP/C2 Team), a 14s815
5º) Gustavo Myasava (PR/J. Star Racing), a 15s091
6º) Edson Coelho Júnior (MG/W2 Racing), a 16s024
7º) Lukas Moraes (SP/RR Racing), a 16s271
8º) Gabriel Robe (RS/Motortech Competições), a 27s674
9º) Mauri Zaccarelli (SP/Nascar Motorsport), a 30s649
10º) Adibe Marques (PR/Voxx Racing), a 31s186
11º) Raphael Reis (DF/Hitech Racing), a 47s073
12º) Dennis Dirani (SP/W2 Racing), a 53s610
13º) Guto Matiazzi (PR/RZ Motorsport), a 56s855
14º) Gustavo Frigotto (PR/RKL Motorsport 2), a 1 volta
NÃO COMPLETOU
Felipe Donato (DF/J. Star Racing), a 5 voltas
Melhor volta: Rimbano, na 7ª, 1min26s188, média de 154,337 km/h

CLASSIFICAÇÃO
A próxima rodada dupla do Brasileiro de Turismo será disputada nos dias 9 e 10 de abril no Autódromo Internacional Velopark, em Nova Santa Rita. Após duas das 15 corridas, a classificação do campeonato é: 1º) Casagrande, 40 pontos; 2º) Campos, 28; 3º) Coelho, 27; 4º) Cozzi, 25; 5º) Rimbano, 22; 6º) Robe, 19; 7º) Moraes, 18; 8º) Reis, 17; 9º) Myasava e Marques, 12; 11º) Matiazzi, 11; 12º) Zaccarelli, 8; 13º) Dirani, 5; 14º) Frigotto, 3.

Sediada em Caxias do Sul, a Motortech Competições tem participação na categoria de acesso à Stock Car na temporada de 2016 viabilizada pelo governo do estado do Rio Grande do Sul através do programa PróEsporte. Viemar, Roal, Agrale, Moinho São Joaquim, Web Continental, Biri Refrigerantes e Zezé Biscoitos são as empresas parceiras da iniciativa. Robe tem ainda apoio de Posto da Figueira, Infoar e Diário Popular.

Texto: Grelak Comunicação – (45) 3037-6667
Imagens: Vanderley Soares


528 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.