http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Marcelo Giacomello de alma lavada na Fórmula 1.6 RS

O piloto da serra gaúcha lavou a alma na etapa da Fórmula 1.6 realizada no belo Autódromo Internacional de Guaporé

O final de semana só não foi perfeito para o piloto “gringon”, de Bento Gonçalves, Marcelo Giacomello, porque a pole escapou nos instantes finais do treino por uma diferença – segundo Carlos Giacomello, pai do piloto – “por causa das polentas ingeridas no almoço”. A pole position ficou com o piloto Pedro Castro, com 1:13.673 (média de 150.202 km/h) e a segunda posição, com a diferença de .297, foi para o piloto da Scuderia Machinna, Giacomello.

Mas aquela velha máxima está sempre atual e valendo em todas as etapas: treinos são treinos e corridas são corridas. Pois bem, hora de alinhar e esperar o apagar das luzes para colar o pé no porão. O piloto acabou não largando bem e caindo para o final do grid. O que não foi sinônimo de derrota, ao contrário, foi hora de mostrar que aquela história da polenta não foi bem digerida e a corrida foi de recuperação e volta mais rápida. Com a sua “barata” em perfeitas condições e correndo atrás do prejuízo, a melhor volta com 1:14.757 e média horária de 148.320 km/h foi registrada na 13ª volta. E após 17 voltas, Giacomello cruzou os 3.080 metros do circuito na terceira posição, com 26:45.759.

Já predestinado a tirar o prejuízo, não teve outra ação a tomar a não ser colocar a faca nos dentes e apertar forte o acelerador. E dessa vez não teve largar mal, ao contrário, a segunda bateria não teve para ninguém e Marcelo Giacomello saltou na frente ainda na primeira volta e não largou mais a posição de honra até a bandeirada final, com 26:01.778 de prova. Já a melhor volta da segunda bateria ficou o Gabriel, da categoria “Light”, com 1.14:537, e média de 148.758 km/h.

A categoria que não é a Fórmula Indy, mas tem se mostrado a fórmula da emoção, tem conseguido manter a média de carros no grid e as duas categorias – “A” e “Light” – tem andado muito próximas. Nesta etapa a diferença do primeiro colocado (geral e categoria “A”), Marcelo Giacomello, e do primeiro colocado da Light foi de apenas 1.533, com o piloto Vinícius Schuler chegando em quinto colocado na geral.

E já tem data marcada para a próxima peleia, que será na cidade de Santa Cruz do Sul, no dia 17 de junho. O piloto Marcelo Giacomello irá em busca de uma nova vitória, mantendo assim a sua liderança no campeonato 2012.

As imagens da etapa da Fórmula 1.6 de Guaporé poderão ser acessadas clicando aqui.

Abaixo o vídeo “on-board” no carro do piloto Marcelo Giacomello.

Em tempo, mas nem por isso menos importante, vale salientar e divulgar aqueles que fazem possível um sonho ser vivido: As LOJAS BENOIT são patrocinadoras oficiais do piloto Marcelo Giacomello e sua equipe, a Scuderia Machinna. Que também conta com o apoio da BK PARTS Peças.

A saber: as Lojas Benoit tem o início de sua trajetória de sucesso no ano de 1971, através do seu fundador Antenor Valmor Benoit, na localidade de Barra da Forqueta, no município de Arroio do Meio. Hoje está espalhada por todo o Sul do Brasil e com mais de 175 lojas.

Texto e Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes)
Vídeo: Marcelo Giacomello – http://www.scuderiamacchina.com.br/


2026 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response