http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Marcas & Pilotos: grid cheio, boas disputas e acidentes

O que não faltou no Autódromo Internacional de Guaporé foram fortes emoções no Marcas & Pilotos

Um domingo marcado por fortes emoções, grandes pegas e dois fortes acidentes. Assim pode ser resumido o final de semana de prova de uma das categorias mais emocionantes do automobilismo gaúcho, o Marcas & Pilotos.

Os pessimistas de plantão alardeavam aos quatro ventos que a prova não teria 22 carros na terceira etapa, que ocorreu no final de semana passado (20/05) na bela cidade serrana de Guaporé. Porém, a turma colocou 31 carros alinhados na primeira bateria e com algumas boas surpresas, como a volta do piloto César Cardoso às pistas. Não, ele não acelerou o barulhento Palio 45, mas sim a brincadeira foi no Fiesta #46 preparado pelo sobrinho, Rafael Cardoso (Motorcar Racing) e Fabiano Cardoso (Fast Racing).

O retorno de César Cardoso às pistas gaúchas.

Agora é conter a ansiedade para a próxima etapa e pé no porão, não é mesmo César Cardoso?

A primeira bateria foi marcada por dois graves acidentes, sendo o primeiro com Jairo Bastos (Fiat Uno #78) e João Batista Rosa (Celta #51), que se encontraram, com uma forte colisão na saída da curva do radiador. Pronto, bandeira vermelha, ambulância na pista e a dupla indo passear no hospital para exames de rotinas. Dos males o menor, apenas danos (e que danos) materiais.

Então vamos voltar a peleia, pois o espetáculo não pode parar e o público quer ver disputa na pista, troca de posições e foi dado a relargada.
Primeira bateria recomeçada e nem duas voltadas completadas e… mais uma panca muito forte na saída da curva dois; mais dois carros totalmente destruídos. Desta vez foi o Fiat Uno #77, de Eduardo Fagundes, que inventou de dar um “duplo twist scarpado” e carimbou os pneus e o Gol #45 do piloto Enio Wermuth Jr. Sendo que o Fagundes também foi dar um passeio de ambulância. E como porcaria pouca é bobagem, acabou sobrando para os pilotos Christian Petroll (Celta #71) e Paulo Rotta (Corsa #9).

Vídeo do acidente feito por um torcedor, Israel Fincato:

A primeira bateria foi vencida pelo piloto Fernando Jr (Celta #6) e Rafael Cohen, com seu KA #3 voador.

Para a segunda bateria menos cinco carros alinhando. Mas nem por isso uma prova menos emocionante. Com pegas em todos os pelotões, mas destaque para a peleia entre os pilotos Luiz Clemente Moroni, agora na tocada do Celta #6, e Rafael Cohen (KA #3). O piloto do bólido da Ford foi quem venceu a briga, levando a segunda bateria.

Briga limpa entre os ponteiros Moroni e Cohen durante a segunda bateria.

E quem levou a melhor na segunda bateria foi o piloto Rafael Cohen, do KA #3

Outro destaque foi o piloto mineiro Eduardo Gontijo (Celta #31), da categoria “B”, que largou na pole position na segunda bateria. Mas a sorte não o acompanhou por muito tempo, sendo tocado nas primeiras voltas e perdendo várias posições.

O mineiro Eduardo Gontijo, acelerando por estas querências.

As imagens do acidente na curva dois e da 3ª etapa do Marcas & Pilotos podem ser vistas clicando aqui e aqui.

A próxima etapa será realizada no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, no dia 17 de junho. É hora da pilotada colocar a cabeça no lugar e partir para a briga limpa, pois o campeonato está correndo e o que importa são as vitórias e o título no final do ano. Pé no porão e vamos que vamos.

Texto e Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes)


1977 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response