http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

João Campos vence a primeira etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge

Dono do título de 2011, João Campos abriu com vitória sua campanha pelo bicampeonato do Mercedes-Benz Grand Challenge. O gaúcho da Sicredi Racing venceu na tarde deste sábado (21) a primeira etapa da competição, no Autódromo Internacional Oswaldinho de Oliveira, em Santa Cruz do Sul, depois de largar da pole-position, liderar de ponta a ponta e estabelecer a volta mais rápida da corrida, já nos cinco minutos finais.

Os pilotos gaúchos que participaram da corrida compuseram no pódio. Além de Campos, da cidade de Farroupilha, a cerimônia de premiação contou com as participações de Fernando Júnior, representante de Santa Cruz do Sul, em segundo, e Carlos Kray, de Campo Bom, em quinto. Os outros dois pilotos premiados no pódio são paulistas – Cesare Marrucci, que terminou em terceiro, e Neto de Nigris, que cruzou a linha de chegada em quarto.

João Campos

“Só me preocupei na largada. Larguei certinho, mas o Marrucci largou ainda melhor. Então eu me concentrei em fazer a primeira curva bem redonda, para continuar na frente. Depois, usei 200% da minha concentração para não cometer nenhum erro”, relatou. “Também consegui relargar bem e continuar em primeiro. O carro estava muito bom, a equipe me deu um carro muito bem acertado. Piloto não ganha sem uma equipe competente”.

Campos chamou atenção para um problema que estava esperando no carro número 31 da Sicredi Racing – equipe que tem apoio de Icatu e Mapfre, seguradora parceira da Corretora de Seguros Sicredi – e que não aconteceu. “O carro tem um problema recorrente, de sair de traseira do meio da corrida em diante. Hoje foi tudo tão perfeito que nem isso aconteceu. Foi um dia perfeito”, definiu o gaúcho, que confirmou a sexta vitória da equipe.

O líder do campeonato só teve sua posição realmente ameaçada após a largada. Ele chegou à primeira curva ligeiramente atrás de Marrucci e teve a seu favor a opção pela linha interna da pista, o que permitiu-lhe tangenciar na liderança. A única intervenção do Safety Car aconteceu na 11ª volta, quando Beto Rossi e Sérgio Martinez se envolveram num acidente enquanto duelavam pelo sexto lugar e saíram da pista. Campos tinha 10s523 de vantagem.

O resultado final da corrida deste sábado será reproduzido no grid da segunda etapa, que vai complementar a rodada dupla neste domingo (22). As seis primeiras posições, contudo, sofrerão inversão absoluta. Léo de Nigris é o pole-position, já que terminou a corrida em sexto. Márcio Campos, por conta da vitória do companheiro de equipe, vai largar da sexta posição. “Vou ter de fazer uma corrida de muita calma e partir para cima”, anteviu.

Depois de 18 voltas, o resultado da primeira etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge, em Santa Cruz do Sul, foi o seguinte:

1º) João Campos (RS/RS), Sicredi Racing, 1min33s257
2º) Fernando Júnior (RS), WCR, a 5s344
3º) Cesare Marrucci (SP), Center Bus-Petrobras, a 6s854
4º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Europamotors, a 6s984
5º) Carlos Kray (RS), CKR Racing, a 7s467
6º) Léo de Nigris (SP), De Nigris-Europamotors, a 8s201
7º) Rubens Tilkian (SP/SP), Scuderia 111, a 8s884
8º) Renato Camargo (SP), De Nigris-Europamotors, a 17s662
9º) Humberto Santos (SP), RSports, a 19s096
10º) Beto Rossi (SP), Center Bus-Petrobras, a 22s494
NÃO COMPLETARAM
Sérgio Martinez (SP), Manelão Competições, a 1 voltas
Luiz Zappelini (SC), Rodoerre Competições, a 17 voltas
NÃO LARGOU
José Fernando Amorim Júnior (SP), Fiolux Motorsport, 1min35s633
Melhor volta: J. Campos, na 15ª, 1min34s846, média de 133,985 km/h

Texto: Grelak Comunicação

Fotos: Fernando Peres (Automobilismo em Foco)

2282 dias ago by in Sem categoria | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response