http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

“Importado” de Minas, Gontijo considera o Marcas RS um campeonato completo

O piloto Eduardo Gontijo é um exemplo do forte atrativo do Marcas & Pilotos RS como um dos melhores campeonatos de turismo do Brasil.

“Importado” diretamente de Minas Gerais, Gontijo contou em bate-papo com a assessoria da categoria que desde 2009 observava com atenção as corridas gáuchas. Campeão das categorias Light do Mineiro e 4º no Paulista, em 2012 ele finalmente estreou no Rio Grande do Sul.

Gontijo enfatiza que, depois de competir em três campeonatos diferentes, acredita que o Rio Grande do Sul tem a categoria mais equilibrada e com regulamento técnico “bem feito, sem brechas”. Esportivamente, ele também reforçou sua admiração depois de correr na etapa inaugural, no Velopark, e em Guaporé. “Tem muitos pilotos talentosos e é o único com diversas pistas diferentes”, acrescentou. Para ele, é o campeonato “completo”, pela variedade e qualidade das disputas.

Apesar do “namoro” com a categoria de alguns anos, a possibilidade de correr no Sul se concretizou apenas nesta temporada, a partir do preparador e piloto Fabiano Cardoso. “Tive a oportunidade de conhecer o Fabiano e disse a ele meu desejo. Como ainda não inaugurou o autódromo de Minas, o Mega Space, pude participar do Gaúcho”, relatou.

O ambiente positivo e a churrascada não podem faltar na programação do final de semana, um destaque especial, conforme Gontijo. “É uma experiência fantástica! Gosto demais: os ônibus das equipes com o churrasco antes, durante e depois das atividades é incrível”, brincou o piloto. “Sem contar a receptividade excelente que tive pela maioria dos pilotos e equipes”, agradeceu .

Apesar de alguma vantagem ou outra, dependendo da pista, para determinados modelos, o mineiro crê que foi encontrada uma receita muito próxima do ideal para equiparar as quatro marcas que, atualmente figuram na categoria. “O regulamento técnico é bem ‘amarrado’, proporcionando uma verdadeira disputa entre as diferentes Marcas (Ford, Gm, Fiat e VW)”, analisou.

Por enquanto Gontijo conheceu apenas duas das quatros pistas, mas ele mal pode esperar para conhecer Santa Cruz do Sul, já no próximo final de semana; e o tradicional Tarumã. Ele gostou bastante de correr em Guaporé e teve a experiência um pouco “estragada” por conta de um toque na bateria final do evento. “Penso que falta uma punição mais rigorosa aos pilotos que ‘jogam sujo’com seu colegas, por parte da Federação, com desclassificação sumária da prova e suspensão da etapa seguinte”, ponderou.

“Falo isto por experiência própria, pois nossa pista aqui em Minas é cercada de muretas, e só após a Federação instaurar este procedimento acabaram as batidas propositais”, aconselhou. “Os pilotos tem que lembrar que isto não é a profissão de ninguém, sem contar que é um esporte de alto risco”, salientou Gontijo. Mas o importante é que o mineiro gostou de dividir freadas com a gauchada e mostrou velocidade andando sempre no pelotão da frente.

Texto: Assessoria Marcas & Pilotos RS
Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes) – (51) 9372-0606


1983 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response