http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

GP2: Luiz Razia vence pela quarta vez e consolida liderança do campeonato em Silverstone

Brasileiro bate rival Davide Valsecchi em disputa direta e ultrapassagem fantástica; vantagem agora é de seis pontos: “Pressão agora está com ele”, diz

Vitória e consolidação da liderança do campeonato. Foi desta forma que Luiz Razia encerrou a sétima rodada dupla da GP2 em 2012, no circuito de Silverstone. No templo do automobilismo, o piloto brasileiro levou a melhor em uma disputa direta com seu principal rival, o italiano Davide Valsecchi, após largar em quinto e ultrapassar um a um seus concorrentes.

O piloto da Arden impôs sua superioridade de forma maiúscula em cima de Valsecchi quando ambos disputavam a terceira posição, ultrapassando o italiano por fora na curva Bridge, uma das mais velozes do circuito inglês. Os dois ainda duelariam na metade final da corrida de 21 voltas, com Razia recebendo a bandeirada 5s6 à frente do competidor da DAMS. A festa brasileira foi completada com a terceira posição de Felipe Nasr.

Valsecchi, Razia e Nasr no pódio


“A combinação do fim de semana foi muito positiva. Somei dez pontos ontem, 15 hoje, marcando 25 de um total de 30. Esse é o objetivo de toda a etapa. Tem que ser muito constante, e ainda bem que esta constância tem sido com vitórias, o que traz mais motivação”, destaca Razia, que passou para 165 pontos na tabela, contra 159 de Valsecchi.

“Agora sou o único piloto a ter conquistado quatro vitórias no ano, o que traz bastante confiança não só para mim, como para a equipe também. Agora é manter os pés no chão, pois temos cinco etapas pela frente; acho incrível como fiz tantos pontos e a vantagem continua pequena”, analisa o piloto baiano de 23 anos, que ressaltou o fato de ter vencido em um dos locais mais tradicionais do automobilismo mundial.

“Vencer em Silverstone é realmente especial. Ganhei na Malásia, que é uma pista legal, em Barcelona, onde todos treinam, em Valência e agora em Silverstone, que foi sensacional. Isso que, se não tivesse furado o pneu, teria brigado pela vitória em Mônaco”, diz. De volta à liderança do campeonato desde a prova inicial, Razia agora diz ter jogado toda a pressão em cima de Valsecchi para as corridas posteriores.


“A pressão agora está com ele. Tenho um bom ritmo, sei o carro que tenho. Tenho trabalhado bem com o meu engenheiro e ele agora precisa fazer algo. Vou continuar trabalhando e meu objetivo é minha primeira pole na temporada”, completa. Este desafio pode ser cumprido em duas semanas, quando a GP2 disputa a oitava rodada dupla do ano no circuito de Nurburgring.

Resultado da corrida deste domingo: 1. Luiz Razia (Brasil), 21 voltas em 37min28s656; 2. Davide Valsecchi (Itália), a 5s642; 3. Felipe Nasr (Brasil), a 17s775; 4. Esteban Gutierrez (México), a 19s969; 5. Jolyon Palmer (Inglaterra), a 25s869; 6. Nigel Melker (Inglaterra), a 28s600.

Classificação do campeonato após 14 corridas: 1. Luiz Razia, 165 pontos; 2. Davide Valsecchi, 159; 3. Esteban Gutierrez, 122; 4. James Calado, 95; 5. Max Chilton, 95; 6. Giedo van der Garde, 93; 7. Fabio Leimer, 69; 8. Marcus Ericsson, 56; 9. Johnny Cecotto, 49; 10. Jolyon Palmer, 48; 11. Felipe Nasr, 46.

O brasileiro Luiz Razia tem o apoio de Caf – Casa de Assistência Filadélfia, Transamérica, Cyber 1 e Coralis.

Texto: MS2 Vomunicação
Fotos: GP2 Media Serivce


1932 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response