http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Fittipaldi completa testes coletivos em Daytona e aguarda ansioso para disputar sua oitava 24 Horas

Brasileiro testou de sexta a domingo ao lado dos companheiros Nelsinho Piquet e Felipe Nasr. Trio vai dividir a pilotagem do Chevrolet Corvette #5 da equipe Action Express

Cinquenta e nove carros – divididos nas categorias DP, GT e GX – encerraram neste domingo (6) três dias de testes coletivos para a 51ª edição das 24 Horas de Daytona, que terá sua largada no dia 26, abrindo o calendário da Grand-Am nos Estados Unidos.

O brasileiro Christian Fittipaldi, que se prepara para correr a tradicional prova pela oitava vez, participou dos testes ao lado dos companheiros Nelsinho Piquet e Felipe Nasr. Nas sete sessões em que testou, o Chevrolet Corvette #5 teve como melhor resultado um quarto lugar (1min42s794). Os pilotos, no entanto, destacaram que todo o trabalho da equipe Action Express foi voltado para o acerto da corrida, onde a constância e resistência contam mais que a velocidade.

O melhor tempo dos treinos ficou com o Ford Riley #6, da equipe Michael Shank, pilotado por Michael Valiente, Chris Cumming, Jorge Goncalves e Gustavo Yacaman. Na sétima sessão, Valiente virou em 1min42s058.

Agora, os pilotos voltam à pista no dia 24 para os últimos treinos e o classificatório. A largada será no sábado, dia 26.

“Tudo certo nos testes e nosso carro está forte para a corrida. Os tempos não foram representativos, mas estávamos concentrados para a prova. E o mais importante é que todos estão bem contentes com o carro. Tanto que optamos por nem treinar na última sessão”, comentou Fittipaldi, que já venceu em Daytona em 2004. Piquet fará sua estreia na prova e Nasr correrá pela segunda vez (foi o terceiro no ano passado). O trio disputa a categoria principal da prova, a Daytona Prototype (DP).

“Numa prova de 24 horas, sem dúvida, faz uma diferença muito grande ter um carro bem preparado. Vai ser uma corrida muito disputada e emocionante, como em todos os anos”, finalizou Fittipaldi.

Além do carro #5, a Action Express – que já venceu em Daytona em 2010 – também terá outro Corvette na disputa, pilotado pelo português João Barbosa e os norte-americanos Brian e Burt Frisselle.

Texto: FGCom


1776 dias ago by in Automobilismo , Modalidades | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response