http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

“Estou guiando para a melhor equipe”, diz tricampeão da Fórmula Truck

Felipe Giaffone aposta em temporada com equilíbrio de forças em 2012 e aposta no trabalho pela confiabilidade do equipamento

Felipe Giaffone disputou cinco temporadas completas no Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Conquistou três títulos, em 2007, 2009 e 2011, um vice-campeonato em 2010, ano do histórico empate em pontos com o campeão Roberval Andrade, e foi quarto colocado na pontuação final de 2008. Também é dele o título do Campeonato Sul-Americano do último ano, que compreendeu etapas distintas das que lhe valeram o título nacional.

O histórico de Giaffone não deixa dúvidas quanto à sua inscrição na galeria dos principais nomes da história da F-Truck. Subiu ao pódio de 64,81% das 54 corridas que disputou até 2011, com 15 vitórias, sete segundos lugares, quatro terceiros, sete quartos e dois quintos, além de 12 pole-positions e 12 voltas mais rápidas em provas. “Não dá para reclamar, de fato. Claro que estar numa equipe como a RM justifica a maior parte disso”, atribui.

Giaffone fez suas cinco primeiras participações na F-Truck em 2005, pela equipe de Roberval Andrade. Voltou a competir na Fórmula Indy em 2006 e, a partir de 2007, assumiu sua carreira na série nacional dos caminhões. No ano passado, conquistou os dois títulos ganhando metade das 10 corridas do calendário. “Foi o melhor ano nosso, mas é preciso lembrar que também tive muita sorte. Herdei pelo menos três corridas”, ressalta.

O tricampeão brasileiro e campeão sul-americano credita a campanha positiva de 2011 aos caminhões Volkswagen Constellation. “Ter um caminhão confiável me deixou em uma condição mais tranquila no campeonato, a ponto de poder aproveitar os problemas dos adversários para vencer. De uma coisa eu tenho certeza: estou guiando para a melhor equipe. A RM tem quatro pilotos e estrutura para dar a mesma condição aos quatro”, avaliza.

A carreira eclética nas pistas é tomada como argumento por Giaffone para valorizar a RM Competições. “Eu já sou bem experiente em corridas para saber que piloto não faz nada sozinho. Saí da Fórmula Indy por guiar em uma equipe onde eu sabia que não tinha condição de lutar por uma corrida. Com a cobertura de uma equipe boa, o piloto acaba até guiando melhor. Equipe ruim puxa o piloto para baixo. A minha é boa, me puxa para cima”, diz.

A perspectiva de Felipe Giaffone é de uma temporada equilibrada em 2012. “Tivemos mudanças de regulamento, nos testes no Velopark já deu para ver que vamos ter de melhorar um pouco mais para ter a mesma confiabilidade do ano passado”, aponta. “A gente está trabalhando por isso, desenvolvendo o equipamento para ver se dá para estar no nível dos outros. A princípio, vamos começar o campeonato com a cara e a coragem”.

CALENDÁRIO
O Brasileiro de F-Truck terá 10 etapas:

4 de março – Velopark (RS)
1º de abril – Jacarepaguá (RJ)
6 de maio – Caruaru (PE)
3 de junho – Goiânia (GO)
8 de julho – Interlagos (SP)
5 de agosto – a definir
9 de setembro – Córdoba (ARG)
14 de outubro– Guaporé (RS)
11 de novembro – Curitiba (PR)
9 de dezembro – Brasília (DF).
As etapas do Velopark, de Caruaru, de Interlagos e de Córdoba vão valer, também, pelo Campeonato Sul-Americano.

Texto: Grelak Comunicação – (45) 3037-6667
Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes)


2100 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response