http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Equipe curitibana terá sete pilotos na segunda etapa do Moto 1000 GP

Grinjets SBK Racing marcou presença nos grids em Interlagos com quatro unidades do modelo S1000RR da BMW

A segunda etapa do Moto 1000 GP em 2012 terá suas corridas no dia 19 de agosto no Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais, na região metropolitana da capital. Pelo menos sete pilotos curitibanos confirmam participação no evento, que terá suas disputas subdivididas nas categorias GP 600, GP Light e GP 1000. A primeira etapa, no dia 17 de junho no autódromo paulista de Interlagos, reuniu 84 pilotos de 10 estados brasileiros.

Marcos Christian Salles defende a Grinjets SBK Racing na categoria GP 1000

Os sete curitibanos já confirmados na segunda etapa competem pela Grinjets SBK Racing. Quatro deles vão integrar a categoria GP Light – Daniel Lenzi, Eduardo Lataro e os irmãos gêmeos Everton e Marton Felizardo. Os três que estarão no grid da GP 1000 são Gustavo “Gringo” Rodríguez, Victor Moura e Marcos Salles. Exceção feita a Lenzi, inscrito com uma Honda CBR 1000RR, todos os integrantes da equipe vão pilotar motos BMW S1000RR.

Marlon Felizardo, piloto da categoria GP Light, pilota a BMW número 27

Quatro dos pilotos da equipe já atuaram na etapa de Interlagos. Pela GP Light, Marlon Felizardo terminou a prova em 18º lugar, enquanto seu irmão Everton abandonou a oito voltas da bandeirada final. Na GP 1000, Rodríguez e Salles marcaram pontos com a conquista do 11º e do 13º lugar. “Além dos sete da nossa equipe, posso apostar que vários outros pilotos de Curitiba vão estar na pista. O formato do campeonato está muito interessante”, diz Rodríguez.

Everton Felizardo abandonou a etapa de Interlagos e busca reabilitação “em casa” na GP Light

Depois da etapa de Curitiba, o Moto 1000 GP levará suas disputas aos autódromos de Santa Cruz do Sul (RS), Brasília (DF), Cascavel (PR) e Rio de Janeiro (RJ). As corridas são transmitidas pela Record News e pela Record Internacional, além da exibição, com áudio e vídeo, no site da competição. EM 2012, o Moto 1000 GP tem patrocínio de Petrobras, Lubrax, BMW Motorrad e Michelin, com apoios de Beta, Shoei, Bell, Servitec, Tutto Moto e Ohlins.

Texto: Grelak Comunicação – (45) 3037-6667
Imagens: Vanderley Soares


2198 dias ago by in Motociclismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response