http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

ENEOS New Zealand Endurance Series: Penalidade não atrapalha a vitória dramatica de Evans e Quin.

A Wet & Forget Racing chegou ao topo em um final inacreditavelmente apertado na ENEOS New Zealand Endurance Series com os pilotos Simon Evans e Callum Quin.

É a segunda vez que Evans ganha o título das Três Horas e o primeira vez do piloto graduado na Toyota 86, Callum Quin.

“Estou muito feliz por toda a equipe da Wet & Forget. A primeira vez que dirigimos o carro foi sexta-feira. Isso só mostra que você não precisa comprar um carro fora da Europa para ganhar um título de resistência.
Dizem que na primeira vez você se sente bem, mas posso dizer que na segunda você se sente melhor.” (completa o piloto, falando sobre ser sua segunda vitória nessa prova)”, disse Evans.

13

A dupla estava em uma corrida própria em condições difíceis em torno do Pukekohe Park, no sul de Auckland, mas não foi sem drama. A chuva encobriu o circuito a menos que 15 minutos antes do início da corrida e causou estragos durante a final das Três Horas. Vários concorrentes importantes acabaram saindo da prova em decorrência da chuva.

Andrew Fawcett e Gene Rollinson, foram eliminados cedo. Conduzindo o Audi R8 LMS GT3 da International Motorsport, Fawcett bateu atrás de um SEAT León Supercopa mais lento, que ficou sem visão nas curvas 5, 6 e 7 do circuito. Com um pacote aerodinâmico e de motor completamente novos, junto de um sistema de ABS e controle de tração novos, a equipe da Wet & Forget Racing ficou fora de problemas por quase duas horas. Isso foi até que uma penalidade por não limpar um vazamento de combustível, no pitlane, os fez cair para segundo.

11

A penalidade colocou Glenn Smith e John de Veth na primeira posição. Eles foram consistente durante todo o dia e foram surpreendentemente rápidos nas variadas condições, tendo igualado o ritmo dos líderes durante toda a parte final da corrida. No entanto, faltando um pouco mais de 20 minutos de prova, o safetycar voltou a pista, para dramatizar o final de prova. A garoa constante que mantinha o circuito úmido rapidamente se transformou em uma chuva torrencial enquanto a corrida se aproximava do fim.

Sem nada a perder, Evans ficou em segundo lugar com um novo conjunto de pneus Michelin. No reinício, ele empurrou com força para pegar De Veth, que estava com cerca de 20 segundos de vantagem, antes da entrada do safety car. Com apenas cinco minutos para o fim, Evans chegou em De Veth, que estava lutando para encontrar aderência depois que seus pneus ficaram frios sob o safety car.

12

O atual campeão ultrapassou a Reiter Engineering SaReNi Camaro e assumiu a liderança, que viu a garagem da Wet & Forget Racing entrar em erupção. Com a liderança na mão, Evans cruzou a linha para levar o segundo título consecutivo do New Zealand Endurance Championship, e para Quin, seu primeiro. Para Evans, a chamada de estratégia audaciosa foi o momento decisivo para eles na corrida. Felizmente, com os aquecedores de pneus em mãos, seus pneus estavam prontos para corrida e até a temperatura para o reinício, o que lhe deu vantagem.

“Não tínhamos nada a perder, nós não poderíamos ficar em segundo, então pensamos: Vamos parar e colocar outro conjunto de pneus para chuva e ver o que podemos fazer. Choveu ainda mais e foi apenas mágica o resto ” disse Evans.

Para Quin, foi um dia que ele lembrará por muito tempo ainda. Sua primeira passagem pelo carro deixou muitos impressionados com seu ritmo, que era o de um piloto experiente enquanto ele cortava o tráfego sem problemas.

“É incrível para mim, é um grande crédito para a equipe e o carro que eles nos deram. Isso facilitou bastante o meu trabalho. Uma vez que saí na frente, o controle de tração e o ABS foram configurados tão bem que era possível continuar circulando em um ritmo constante me movimentando pelo trânsito. Foi incrível conseguir dirigir o carro com Simon também. Para mim, está continuamente aprendendo e melhorando. ” disse ele.

15

O resultado final ficou com Evans e Quin ganhando a vitória na categoria geral e na categoria GT-B. O segundo colocad, Smith e de Veth, venceu a divisão GT-A para carros homologados pela FIA GT3.

Acesse o resultado final da prova clicando aqui.

Calendário Eneos North Island Endurance Series:

Round 1: North Waikato – Hampton Downs – 18-19 Maio 2018
Round 2: South Auckland – Pukekohe Park – 15-16 Junho 2018
Round 3: Feilding – Manfeild Circuit Chris Amon – 20-21 Julho 2018

Texto: Simon Chapman
Imagens: Luis Fernando Sales

259 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.