http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Em Moscou, Augusto Farfus termina em 3º e retorna ao pódio na temporada 2013 do DTM

Melhor piloto da BMW no circuito russo neste domingo, o curitibano completou o top-3 da sexta etapa da temporada e quebrou o jejum de duas corridas longe da zona de pontos, ocupando a quinta colocação no campeonato

04 DE AGOSTO DE 2013 PRESS RELEASE

Em Moscou, Augusto Farfus termina em 3º e retorna ao pódio na temporada 2013 do DTM

Melhor piloto da BMW no circuito russo neste domingo, o curitibano completou o top-3 da sexta etapa da temporada e quebrou o jejum de duas corridas longe da zona de pontos, ocupando a quinta colocação no campeonato
Augusto Farfus está de volta ao pódio do DTM. Depois de enfrentar problemas nas últimas corridas do campeonato, o piloto brasileiro da BMW teve um fim de semana para comemorar no Moscow Raceway, palco da sexta etapa da temporada 2013. Terceiro colocado no grid de largada da corrida deste domingo (4), Farfus sempre andou entre os primeiros e foi bem-sucedido em sua estratégia. Mesmo sofrendo forte pressão de Adrien Tambay nos últimos giros, o curitibano resistiu com valentia e garantiu o terceiro lugar, sendo o melhor entre os pilotos BMW no dia, ficando atrás apenas de Mattias Ekström e Mike Rockenfeller, o vencedor da corrida em Moscou.

Largando com pneus macios, Farfus manteve a terceira posição no início da corrida, logo atrás de Ekström e do pole Rockenfeller. Em seguida, o piloto da BMW começou uma perseguição ao segundo lugar. Por conta das características da pista, extremamente travada e estreita em alguns pontos, o brasileiro enfrentou dificuldades na tentativa de ultrapassar o nórdico. Augusto assumiu a segunda posição depois que o sueco foi aos boxes realizar seu primeiro pit-stop.

Farfus usou da estratégia para se esquivar do tráfego intenso e fez seu primeiro pit-stop na volta 28. A equipe BMW RBM equipou o carro #7 do brasileiro com pneus duros para o segundo stint da corrida. O curitibano retornou dos boxes em quinto, que acabou virando quarto após a primeira parada de Dirk Werner.

Sua segunda e definitiva parada aconteceu na 42ª volta da corrida. Farfus voltou à pista em décimo e, logo em seguida, travou e venceu um duelo rápido e empolgante com Gary Paffett. Restando menos de 30 voltas para o fim da corrida, era a hora de acelerar e recuperar terreno para voltar à briga pelo pódio na Rússia.

Farfus voltou ao pódio e agora ocupa o quinto posto da classificação do DTM 2013

Farfus voltou ao pódio e agora ocupa o quinto posto da classificação do DTM 2013


Com a pista livre, Augusto tinha bom rendimento e, além disso, escalava o pelotão com propriedade depois que seus adversários na pista também tiveram de realizar suas respectivas paradas obrigatórias. Assim, Farfus já ocupava a quarta posição quando faltavam dez voltas para o fim da prova.

A corrida tinha momentaneamente Ekström na liderança. O sueco cumpriu seu pit-stop final e conseguiu voltar à frente de Farfus. A ponta da corrida acabou sendo herdada por Tambay, que ainda tinha uma parada por fazer. Após ir aos boxes na volta 68, o piloto da Mercedes retornou em quarto, sendo superado por Farfus. Entretanto, o francês voltou colado no carro #7 da BMW RBM e tinha muitas chances de ultrapassá-lo, graças ao melhor rendimento dos pneus e também ao uso da asa móvel.

Mas Farfus defendeu sua posição com propriedade. Sem se intimidar com os ataques de Tambay, o brasileiro conseguiu manter a terceira colocação, completando o pódio da primeira corrida da história do DTM em Moscou. Desta forma, Augusto volta a somar bons pontos depois de duas corridas no zero na temporada.

Graças ao resultado deste domingo, Farfus voltou à quinta colocação da temporada 2013 do DTM. Agora, o piloto da BMW RBM soma 48 pontos na classificação geral. A próxima etapa do campeonato está marcada para o dia 18 de agosto, no tradicional circuito de Nürburgring.

Augusto Farfus:
“Foi uma grande corrida, um grande resultado. Foi um terceiro lugar com gostinho de vitória. Não havia mais nada que a gente pudesse fazer. O ritmo de corrida que tivemos aqui foi o máximo que poderíamos ter feito, mas a performance foi muito boa. A Audi claramente foi mais rápida que a gente hoje. Foi muito bom poder terminar no pódio de uma corrida bastante competitiva.”

Confira resultado final da corrida em Moscou:

1) Mike Rockenfeller – Phoenix Audi – 74 voltas – 1h14m38s512
2) Mattias Ekström – Abt Audi – a 1.303
3) Augusto Farfus – RBM BMW – a 11.393
4) Adrien Tambay – Abt Audi – a 12.275
5) Gary Paffett – HWA Mercedes – a 17.495
6) Jamie Green – Abt Audi – a 18.704
7) Joey Hand – RBM BMW – a 19.363
8) Dirk Werner – Schnitzer BMW – a 26.117
9) Timo Scheider – Abt Audi – a 34.184
10) Christian Vietoris – HWA Mercedes – a 41.331
11) Pascal Wehrlein – Mucke Mercedes – a 42.029
12) Robert Wickens – HWA Mercedes – a 43.782
13) Filipe Albuquerque – Rosberg Audi – a 44.443
14) Roberto Merhi – HWA Mercedes – a 51.576
15) Marco Wittmann – MTEK BMW – a 52.941
16) Timo Glock – MTEK BMW – a 54.421
17) Martin Tomczyk – RMG BMW – a 58.460
18) Daniel Juncadella – Mucke Mercedes – a 1 volta
19) Bruno Spengler – Schnitzer BMW – a 1 volta
20) Andy Priaulx – RMG BMW – a 1 volta

Não completaram:
Edoardo Mortara – Rosberg Audi
Miguel Molina – Phoenix Audi

Texto: Eversports
Fotos: BMW


1514 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response