http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Em Michigan, PIKET conquista a primeira vitória do Brasil na Nascar Truck Series

“Tive um contato, acabei rodando e isso mudou a estratégia toda. A equipe fez uma decisão ótima de pedir para economizar combustível e isso acabou dando a vitória”

Nelsinho Piquet colocou mais uma vez o nome da família na história do automobilismo. Correndo com o capacete PIKET em homenagem aos 60 anos do pai tricampeão mundial de F1, o piloto é o primeiro brasileiro e o segundo estrangeiro a vencer uma corrida na Nascar Truck Series.

Para triunfar em Michigan, o piloto do Chevrolet Silverado #30 se recuperou de uma rodada e acabou favorecido pela estratégia adotada pela equipe Turner Motorsports.

Nelsinho largou em segundo lugar e batalhou entre os líderes durante as primeiras 56 voltas da corrida, quando perdeu o controle do Chevrolet Silverado #30 numa relargada, rodou e caiu para vigésimo lugar.

“Tive um contato com o Kurt Busch brigando pela liderança. Acabei rodando e isso mudou a estratégia toda. A equipe fez uma decisão ótima de pedir para economizar combustível e isso acabou dando a vitória no final”, disse ele, que fez questão de dividir o mérito pelo triunfo com o time todo, destacando o papel de Chris Carrier, chefe da equipe do truck #30.

Depois da corrida, ele lembrou o momento crítico que acabou decidindo seu sucesso no oval de duas milhas de Michigan. “Fiquei como passageiro. É uma daquelas coisas que você não tem o que fazer. Felizmente todos fizeram um bom trabalho em desviar e saí ileso porque a área de escape na reta oposta aqui é enorme. Troquei os pneus e deu para voltar com tudo.”

Ele teve então que realizar 43 voltas sem voltar a reabastecer sua picape, um risco considerando que a autonomia de um tanque na pista de Michigan oscilava em torno de 40 giros.

“Estava com meio pé no acelerador e me falavam para aliviar mais ainda! Arriscamos e deu certo.”

Chris contou que o time mais de uma vez cogitou chamar o brasileiro para reabastecimento nas voltas finais. “Mudamos de ideia umas três vezes na mesma volta e acabamos decidindo deixar na pista. Mas essa é a beleza de tudo isso… Sabíamos de outras corridas que o Nelson sempre foi muito bom em economizar combustível e pneus. É natural para ele, entra no vácuo e controla o pé no acelerador muito bem.”

Piquet Jr lembrou de outras vezes em que esteve perto da vitória na temporada ao comentar o desfecho da prova de hoje: “Saímos decepcionados depois de Rockingham e Pocono, que deveríamos ter ganhado. Hoje teve uma adversidade grande com a rodada e ganhamos… Corridas são assim”.

Com o triunfo em Michigan, ele somou mais 47 pontos no campeonato e avançou uma posição. Agora é o oitavo colocado, com 392 no total.

“É um dia muito importante para mim. É incrível ter vencido no final de semana de homenagem aos 60 anos do meu pai”, festejou PIKET. A mudança na grafia do sobrenome consagrado é uma homenagem de Piquet Jr ao aniversário do primeiro tricampeão mundial de F1 da história do automobilismo brasileiro, data comemorada ontem.

Além de competir com uma réplica do capacete usado por seu pai no início da carreira, Nelsinho exibe em seu truck um desenho do primeiro carro de corrida pilotado por Nelson em uma temporada completa, o Super Vê de 1974.

Primeiro vencedor do país na Truck Series e na Nationwide Series (quando triunfou no circuito misto de Road America), o brasileiro já volta a ação nesta quarta-feira. Ele compete no oval de meia milha de Bristol.

RESULTADO DA PROVA (Top10)
1. N. Piquet Jr

2. J. White
3. D. Armstrong
4. P. Kligerman
5. J. Buescher
6. T. Dillon
7. J. Coulter
8. B. Keselowski
9. K. Busch
10. M. Paludo

CLASSIFICAÇÃO NO CAMPEONATO
1. T. Peters 449
2. T. Dillon 449
3. J. Buescher 443
4. J. Lofton 432
5. P. Kligerman 424
6. M. Crafton 413
7. J. Coulter 406
8. N. Piquet Jr 392
9. R. Hornaday Jr 386
10. J. White 371

Sobre a Nascar Truck Series

A Nascar Camping World Truck Series é uma das três categorias de abrangência nacional da Nascar e é disputada desde 1995 por picapes em provas que acontecem apenas em pistas ovais.

Atualmente, há quatro fornecedoras de caminhonetes para a categoria: Chevrolet, Ford, Dodge e Toyota. A temporada de 2011, vencida por Austin Dillon, foi disputada por mais de 40 pilotos. As corridas tiveram, em média, 33 mil pagantes.

A temporada de 2012 terá 22 provas. Começou em Daytona e termina em 16 de novembro, em Homestead (Miami).

Texto: Luís Ferrari – imprensa@nelsonpiquet.com – (11) 98666-8307 / + 1 305 923 7388
Imagens: Nascar Media


1892 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response