http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Em final dramático, família Sperafico volta a vencer Cascavel de Ouro depois de 29 anos

Ricardo e Natan, primos, triunfam depois 40 minutos de corrida sem funcionamento do alternador do Ford Ka da Sérgio Ferrari Racing Team

A 29ª edição da Cascavel de Ouro revelou o segundo nome de um piloto vencedor a também integrar a galeria de campeões. Ricardo Sperafico venceu a corrida disputada na tarde deste domingo (25) no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, formando dupla com seu primo Natan Sperafico. Foi a segunda vitória da equipe Sérgio Ferrari Racing Team na prova – a equipe ganhou em 1986 com o piloto Dilso Sperafico, pai de Ricardo.

CORRIDA 3_600

As voltas finais da prova, que teve duração de quatro horas, tiveram tom dramático para os Sperafico – o alternador do Ford Ka número 27 pifou quando faltavam 40 minutos para a bandeirada final. “O carro poderia parar a qualquer momento”, revelou Eduardo Ferrari, aliviado. Eduardo e Thiago são filhos de Sérgio Ferrari, fundador da equipe, que a comandava quando Dilso ganhou a 13ª edição, em 1986. “Uma geração passando o bastão à outra”, disse.
Ricardo, ao repetir a vitória do pai, iguala o feito de David Muffato, que na primeira de suas duas vitórias na Cascavel de Ouro, em 1994, juntou-se ao pai Pedro Muffato, três vezes vencedor da corrida longa mais tradicional do automobilismo paranaense no início da década de 70. “O carro se comportou perfeitamente bem, tivemos um ótimo trabalho nos boxes. Tudo deu certo, não é todo dia que se ganha uma corrida tão importante. É dia de festa”, definiu.

Aos 36 anos, Ricardo Sperafico acumula vasta experiência internacional. Atuou na Fórmula Ford inglesa, na Fórmula 3 sul-americana, na Fórmula 3000 italiana – onde foi campeão em 1999 –, como piloto de testes da Fórmula 1, na Stock Car e no Blancpain Endurance Series, onde atuou em algumas etapas de 2015. Natan, dez anos mais jovem que o primo, tem sua experiência como piloto restrita ao kart e ao Campeonato Metropolitano de Marcas & Pilotos.

CORRIDA 2

“É aquela história, a ficha ainda não caiu. A equipe toda se preparou muito bem e sabíamos que nossa condição era boa, principalmente depois da tomada de tempos classificatória”, descreveu, citando a dobradinha da equipe no grid de largada – eles largaram em segundo lugar, atrás do Renault Clio de Guilherme e Rodrigo Sperafico, lideraram as 16 primeiras voltas da Cascavel de Ouro e abandonaram com problemas mecânicos na 94ª voltas.

A Cascavel de Ouro de 2015 apresentou 13 trocas de lideranças, várias delas motivadas pelo regulamento que estipula mínimo de cinco pit stops para reabastecimento. Ricardo e Natan Sperafico lideraram a corrida quatro vezes, da 17ª a 31ª volta, da 94ª à 109ª, da 114ª à 136ª e da 139ª até a última. Caús e Bastos, que terminaram em segundo a 5s564 dos vencedores, lideraram a prova duas vezes, nas voltas 92 e 93 e da 110ª à 113ª.

Sirtoli e os Fagundes, que ocuparam o 21º lugar no grid, tiveram o Palio da equipe vencedora na liderança da corrida em duas oportunidades, entre as voltas 83 e 89 e nas voltas 137 e 138. André Bragantini Júnior, Galid Osman e Caíto Carvalho, inscritos com o GM Celta da Sensei-Sorbara Motorsport, foram líderes entre as voltas 33 e 62, da 66ª à 82ª e nas voltas 90 e 91, quando um rompimento do tanque de combustível os fez abandonar a disputa.

CORRIDA 4

Outros dois carros ocuparam a liderança da Cascavel de Ouro. O Ford Fiesta de Leandro Zandoná e Daniel Kaefer, da Ferrari Motorsport, foi primeiro colocado nas voltas 32 e 33. O VW Gol da FF Racing, pilotado por Gustavo Magnabosco, Eduardo Berlanda e Fausto de Lucca, comandou da volta 63 à 65. A dupla e o trio abandonaram a corrida – no primeiro caso, por acidente; no segundo, por problemas mecânicos como os que atingiram maior parte do grid.

As quatro horas de corrida constituíram um exercício de resistência aos carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6 que compuseram o grid da 29ª edição da prova. Dos 38 que largaram, 22 permaneciam na pista quando os Sperafico confirmaram a vitória. Destes, alguns haviam permanecido longos períodos nos boxes para reparos e substituições. O resultado oficial contemplou o vencedor e os 18 que cumpriram ao menos 75% de suas 162 voltas.

CORRIDA 9

Natan e Ricardo Sperafico, pelo primeiro lugar, receberam um automóvel Renault Clio zero quilômetro. A entrega de troféus no pódio ocorreu de forma simbólica. A premiação aos três primeiros colocados será feita na noite de 11 de novembro em São Paulo, durante a cerimônia de premiação do “Capacete de Ouro”, evento promovido anualmente pela revista “Racing” para o qual os 87 pilotos participantes da Cascavel de Ouro estão convidados.

29ª CASCAVEL DE OURO – RESULTADO
(Classificação final da corrida após 162 voltas)
1º) Natan Sperafico/Ricardo Sperafico (Ford Ka/Sérgio Ferrari Racing Team), 4h02min07s835
2º) Edoli Caús Júnior/Marlon Bastos (GM Celta/Caús Motorsport), a 5s564
3º) Leônidas Fagundes/Vinicius Fagundes/Guilherme Sírtoli (Fiat Palio/Sérgio Ferrari Racing Team), a 23s866

4º) Fernande Valandro/Guto Baldo (VW Gol/Stumpf Preparações), a 1 volta
5º) Michel Giusti/Jorge Martelli/Marcelo Cancelli (VW Gol/MP Competições), a 2 voltas
6º) Gabriel Correa/Edson do Valle (Ford Ka/Classe A Racing-Ferrari Motorsport), a 2 voltas
7º) Rogério Castro/André Marques (Ford Ka/Quality Sports-Fórmula Truck), a 3 voltas
8º) Cleyton Cezarotto/Marcelo Campagnolo (Ford Fiesta/Ferrari Motorsport), a 7 voltas
9º) Gelmar Chmiel Júnior/Gilliard Chmiel (VW Gol/Stumpf Preparações), a 8 voltas
10º) Marcos Ramos/Marcelo Karam/Tillo Trombini (Peugeot 207/LeLac-Cordova Motorsports), a 11 voltas
11º) Higor Hoffmann/Rodrigo Elger/Marcelo Monte (GM Corsa/Maringá Racing), a 12 voltas
12º) Luís Filgueiras/Thiago Oliveira (VW Gol/AGB Preparações), a 12 voltas
13º) Marcelo Beux/João Paulo Gelain (VW Gol/Speed Car), a 15 voltas
14º) Luiz Fernando Pielak/David Muffato (Ford Fiesta/Ferrari Motorsport), a 17 voltas
15º) Renato Braga/Celio Vinicius (GM Celta/Fast Racing), 18 voltas
16º) Anderson Portes/Rafael Paiva/Juliano Bastos (Ford Ka/Sérgio Ferrari Racing Team), a 22 voltas
17º) Emílio Weiss/Alex Fabiano (VW Gol/Stumpf Preparações), a 25 voltas
18º) Cesar Bonilha/Wellington Cirino (VW Gol/Cesinha Competições), a 31 voltas
19º) Lúcio Seidel/Davi dal Pizzol (GM Classic/Seidel Preparações), a 36 voltas

NÃO COMPLETARAM
Sandro Moura/Júnior Maggi/Mauro Smozinski (VW Gol/Stumpf Preparações), a 45 voltas
Thiago Klein/Marcelo di Tripa (VW Gol/Paraguay Racing), a 46 voltas
Edson Massaro/César Chimin (VW Gol/Speed Car), a 51 voltas
Lorenzo Massaro/Cleves Formentão (VW Gol/Speed Car), a 65 voltas
Guilherme Sperafico/Rodrigo Sperafico (Renault Clio/Sérgio Ferrari Racing Team), a 69 voltas
Caíto Carvalho/André Bragantini/Galid Osman (GM Celta/Sorbara Motorsport), a 71 voltas
Gustavo Magnabosco/Eduardo Berlanda/Fausto de Lucca (VW Gol/FF Racing), a 81 voltas
Eduardo Zambiazi/Junior Francez (VW Gol/Ribecar), a 85 voltas
Paulo Salustiano/Dani Navarro (GM Corsa/Quality Sports-Fórmula Truck), a 85 voltas
Paulo Bento/Carlos SG Souza (Ford Fiesta/Ferrari Motorsport), a 90 voltas
Leandro Zandoná/Daniel Kaefer (Ford Fiesta/Ferrari Motorsport), a 90 voltas
Ricardo Lima/Edgard Amaral/Beto Vanzin (Ford Fiesta/Cezarotto Motorsport-Fast Racing), a 92 voltas
Wanderley Faust/Aloysio Ludwig Neto (Ford Ka/Sérgio Ferrari Racing Team), a 102 voltas
Ingmar Biberg/Eduardo “Edo” Diesel/Thiago Camilo (Renault Clio/Sorbara Motorsport), a 107 voltas
Odair dos Santos/Leandro Reis (Ford Fiesta/Paraguay Racing), a 117 voltas
Diogo Pachenki/Edson Bueno (Ford Ka/Cezarotto Motorsport), a 123 voltas
Marco Romanini/Beto Monteiro (Renault Clio/Stumpf Preparações), a 133 voltas
Marcel Sedano/Leandro Totti (VW Gol/Stumpf Preparações), a 136 voltas
Wanderson Freitas/Leandro Freitas/Fabiano Cardoso (GM Celta/Fast Racing), a 147 voltas

Melhor volta: Ricardo Sperafico, na 150ª, 1min18s315, média de 140,570 km/h

Texto: Grelak Comunicação – (45) 3037-6667
Imagens: Fabrício Guarda/Grelak Comunicação


578 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.