http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

DTM: Augusto Farfus brilha em Nürburgring e conquista primeira pole-position na temporada

Curitibano iniciou a sessão classificatória correndo por fora, mas evoluiu a cada segmento da tomada de tempos e atingiu seu ápice justamente no Q4, quando encaixou uma belíssima volta para largar na frente pela terceira vez na carreira como piloto do DTM

Definitivamente, Nürburgring faz muito bem para Augusto Farfus. O piloto da BMW RBM brilhou na sessão classificatória da sétima etapa da temporada 2013 do DTM, realizada neste sábado (17) no tradicional circuito alemão. Evoluindo em cada segmento da tomada de tempos, o curitibano iniciou a tarde correndo por fora, mas cresceu de produção quando mais precisava, na fase final. Depois de quase ter ficado de fora do treino no Q1, Farfus avançou de maneira significativa e conseguiu seguir em direção ao Q3 e, em seguida, ao Q4. No último trecho da classificação, o brasileiro desbancou Marco Wittmann, Miguel Molina e Edoardo Mortara para garantir a sua primeira pole-position no ano. Com o tempo de 1min23s296, Augusto conquistou pela terceira vez o direito de largar na posição de honra na carreira como piloto do DTM.

Curitibano faturou sua primeira pole no ano, a terceira pela categoria

Curitibano faturou sua primeira pole no ano, a terceira pela categoria


Ainda pela manhã, o piloto cravou o décimo tempo no único treino livre, com duração de 90 minutos. No intervalo até a classificação, a RBM realizou várias mudanças e deixou o carro #7 bem mais competitivo. Farfus foi o terceiro piloto a ir à pista na abertura do Q1, que teve duração de 16 minutos. Em seu primeiro giro, o brasileiro virou em 1min24s475, marca que seria reduzida consideravelmente nos minutos seguintes. O primeiro segmento da classificação era muito equilibrado e, como prova disso, todos os 22 pilotos estavam separados por menos de 1s quando restavam cinco minutos para seu encerramento.

E justamente por conta deste equilíbrio, Farfus quase ficou de fora do Q2. O curitibano conseguiu melhorar para 1min23s901, ficando em 14º, a 0s379 do líder do Q1 e do campeonato, Mike Rockenfeller. A diferença entre o tempo de Augusto e do primeiro eliminado, Filipe Albuquerque, foi ínfima: meros 0s013. Bruno Spengler, vencedor em Nürburgring no ano passado, escapou da ‘degola’ por apenas 0s010.

Garantido na sequência da classificação, Farfus virou em 1min23s671 nos primeiros minutos do Q2, ficando momentaneamente em 11º, fora, portanto, do grupo dos pilotos que avançariam ao Q3. Mas no fim do seu stint, o brasileiro conseguiu encaixar um bom giro e praticamente se garantiu no rol dos dez primeiros, cravando a oitava marca: 1min23s525. De quebra, viu Rockenfeller ser eliminado da classificação. O alemão da Audi Team Phoenix acabou apenas em 11º.

Augusto Farfus larga na pole-position da sétima etapa da temporada 2013 do DTM

Augusto Farfus larga na pole-position da sétima etapa da temporada 2013 do DTM


Em teoria, a BMW corria por fora na terceira parte da classificação, uma vez que Audi e Mercedes foram mais rápidas nos dois primeiros segmentos. Mas os bávaros estavam na briga e vinham em evolução constante, conseguindo colocar três pilotos no Q3: Bruno Spengler, Marco Wittmann e Farfus. Assim, não havia como duvidar do potencial dos M3 na definição dos postulantes à pole-position em Nürburgring.

Mas bastou o Q3 ter início para a BMW mostrar seu verdadeiro potencial. Wittmann pulou para a ponta provisória, enquanto Farfus ocupava a quarta colocação. Naturalmente, com a vinda de outros pilotos para a pista, Augusto foi perdendo posições, chegando a estar em nono. Mas graças a uma belíssima volta, o curitibano voltou a figurar entre os ponteiros e garantiu o segundo melhor tempo: 1min23s392, ficando a apenas 0s060 da marca de Wittmann. Dobradinha da BMW no Q3 do tradicional circuito alemão.

BMW contra Audi: este foi o duelo que definiu a pole-position da sétima etapa da temporada. Na pista, além de Farfus e Wittmann correndo pela montadora bávara, Edoardo Mortara e o surpreendente Miguel Molina defenderam a marca das quatro argolas no Q4 em Nürburgring. Pela quinta vez em sete corridas, Augusto estava na fase final da sessão classificatória na temporada.

No Q4, os dois carros da Audi deixaram os boxes antes para suas voltas lançadas: primeiro foi Mortara e, na sequência, Molina, que marcou 1min23s451, um tempo considerado muito bom. Em seguida, foi a vez de Augusto ir à pista e realizar uma belíssima volta. Com 1min23s296, o brasileiro assumiu a ponta e ficou na dependência do desempenho de Wittmann. Mas o alemão não conseguiu encaixar um bom giro e ficou com o segundo melhor tempo. Pela primeira vez no ano e a terceira na carreira, Farfus larga na frente numa corrida do DTM e parte, certamente, com excelentes condições de conquistar mais uma vitória em 2013. A corrida, que terá transmissão ao vivo pelo canal BandSports a partir de 8h30 (horário de Brasília), conta com 40% de chances de chuva, de acordo com a meteorologia.

Augusto Farfus:

“Nós fizemos grandes mudanças no carro entre o treino livre e a tomada de tempos, buscando o acerto ideal, e fomos na direção certa. O carro melhorou durante a classificação também, tivemos de fazer alguns ajustes durante a tomada de tempos, e a pista foi melhorando. Com a aderência cada vez maior, o nosso carro foi se equilibrando e se tornou cada vez mais competitivo. Foi realmente um grande resultado, é muito importante largar na frente aqui, mas a previsão de chuva para amanhã é grande, então acho que a corrida pode se tornar uma loteria. Mas acho que o carro se comportou bem e o nosso ritmo de corrida, se a prova for no seco, tem tudo para ser muito bom.”

Confira o grid de largada em Nürburgring:

1) Augusto Farfus – RBM BMW – 1’23″296
2) Marco Wittmann – MTEK BMW – 1’23″445
3) Miguel Molina – Phoenix Audi – 1’23″451
4) Edoardo Mortara – Rosberg Audi – 1’23″648
5) Gary Paffett – HWA Mercedes – 1’23″514 – Q3
6) Daniel Juncadella – Mucke Mercedes – 1’23″617 – Q3
7) Robert Wickens – HWA Mercedes – 1’23″688 – Q3
8) Christian Vietoris – HWA Mercedes – 1’23″688 – Q3
9) Mattias Ekstrom – Abt Audi – 1’23″803 – Q3
10) Bruno Spengler – Schnitzer BMW – 1’23″822 – Q3
11) Mike Rockenfeller – Phoenix Audi – 1’23″555 – Q2
12) Jamie Green – Abt Audi – 1’23″574 – Q2
13) Timo Glock – MTEK BMW – 1’23″665 – Q2
14) Adrien Tambay – Abt Audi – 1’23″684 – Q2
15) Pascal Wehrlein – Mucke Mercedes – 1’23″687 – Q2
16) Joey Hand – RBM BMW – 1’23″737 – Q2
17) Filipe Albuquerque – Rosberg Audi – 1’23″914 – Q1
18) Timo Scheider – Abt Audi – 1’24″091 – Q1
19) Dirk Werner – Schnitzer BMW – 1’24″198 – Q1
20) Martin Tomczyk – RMG BMW – 1’24″225 – Q1
21) Roberto Merhi – HWA Mercedes – 1’24″359 – Q1
22) Andy Priaulx – RMG BMW – 1’24″505 – Q1

Texto: EverSports
Fotos: BMW


1578 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response