http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Debaixo de chuva, Luís Tedesco e Raphael Furtado vencem Rally de Erechim

Dupla contou com um ritmo muito forte e alguns abandonos para vencer a prova no interior gaúcho

A chuva, mais uma vez, atrapalhou os competidores da 17a edição do Rally Internacional de Erechim ao longo das últimas cinco especiais da prova, realizadas neste domingo (1), na cidade gaúcha. Duas das três duplas vencedoras do sábado (31) abandonaram a disputa hoje.

Rafael Túlio e Gilvan Jablonski, vencedores gerais do sábado com um Peugeot 207 da categoria CBR2, deixaram a prova na penúltima especial, após cometer um erro enquanto tentavam manter a vantagem construída no dia anterior. “Eu estava tranquilo e tirei o pé na primeira passagem, mas forcei um pouco no final”, comentou Túlio.

Daniel Barros/Alessander Soares

Daniel Barros/Alessander Soares


Milton e André Pagliosa também abandonaram a prova na última especial, após bater o Mitsubishi Evo IX contra uma árvore. “Não deu nem para tentar sair dali porque o carro já estava muito avariado. Faltava pouco para terminarmos em primeiro”, disse Milton.

A vitória geral ficou com a dupla formada por Luís Tedesco e Raphael Furtado, que completaram os dois dias de prova em 2h23min29s2 a bordo de um Fiat Palio da categoria CBR2. “Hoje (domingo) as especiais estavam mais lisas do que no sábado, mas tínhamos que buscar os tempos e arriscar um pouco mais. A estratégia que combinou o pé no acelerador com a cautela deu certo e em uma das especiais recuperamos um minuto”, comentou Tedesco, piloto 16 vezes campeão brasileiro.

Evandro Carbonera/Eduardo Tonial

Evandro Carbonera/Eduardo Tonial


A segunda colocação geral ficou com Daniel Barros e Alessander Soares, que competiram no interior gaúcho com um Mitsubishi Evo IX, ficando a pouco mais de dois minutos de Tedesco e Furtado. O resultado garantiu a dupla a vitória entre os competidores da divisão CBR1. O terceiro posto geral ficou com José Barros Neto e Marco Marini, que também disputaram o Rally de Erechim com um Mitsubishi Evo IX pela categoria CBR1.

Vencedores das especiais de sábado na categoria CBR3, Evandro Carbonera e Eduardo Tonial confirmaram o título da classe, ao fecharem a prova em 2h31min12s3, ficando com o sexto posto geral com um Peugeot 207. Já a prova válida pelo Campeonato Sul-Americano foi vencida pelos paraguaios Diego Domingues e Edgardo Galindo.

Veja a classificação final do Rally Internacional de Erechim:

1 – Luís Tedesco/Raphael Furtado (Fiat Palio/CBR2) – 2h23min19s2
2 – Daniel Barros/Alessander Soares (Mitsubishi Evo IX/CBR1) – 2h25min40s6
3 – José Barros Neto/Marco Marini (Mitsubishi Evo IX/CBR1) – 2h27min15s1
4 – Ricardo Malucelli/Giovani Bordin (Mitsubishi Evo IX/CBR1) – 2h30min11s2
5 – Luccas Arnone/Andrey Karpinski (Peugeot 207/CBR2) – 2h30min36s0
6 – Evandro Carbonera/Eduardo Tonial (Peugeot 207/CBR3) – 2h31min12s3
7 – Leonardo Tagliari/Vitor Boff (GM/Celta/CBR3) – 2h33min37s9
8 – Pedro Zamith/Gilson Rocha (Peugeot 207/CBR2) – 2h35min01s0
9 – Marco Malucelli/Vinicius Anziliero (Volkswagen Gol/CBR3) – 2h39min31s9
10 – Edu Paula/Bruno Scarpelli (Peugeot 206/CBR3) – 2h43min11s6
11 – Gerson Lange/Rafaela Trapp (Peugeot 206/CBR3) – 2h43s15s3
12 – Fernando Solimann/Natasha Pedot (Ford Ka/CBR3) – 2h53min38s5
13 – Toninho Genoin/Maicol Souza (Peugeot 206/CBR3) – 3h01min48s9

Confederação Brasileira de Automobilismo
Fotos: Edson Castro


1171 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.