http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Copa Peugeot: Etapa deste domingo repete vencedores no Vale do Paraíba

Rafael Túlio e Gilvan Jablonski foram os mais rápidos na categoria 207 Super, a principal do evento. Já Rodrigo Melo e Pedro Eurico venceram na 207 Master. Os ganhadores do domingo na 206 foram diferentes, mas a etapa terminou com Pimentel e Osternack na frente na soma dos dois dias de competição

O segundo dia de disputas do Rali do Vale do Paraíba, realizado neste fim de semana por estradas das regiões de São José dos Campos, Jambeiro e Caçapava (SP), terminou no início da tarde deste domingo (5) de forma muito parecida com o dia anterior. Duas das três duplas mais bem colocadas nas três categorias em disputa foram as mesmas que fecharam o sábado com os melhores tempos, um resultado que provocou mudanças significativas no campeonato.

Rafael Túlio e Gilvan Jablonski

Rafael Túlio e Gilvan Jablonski foram novamente os mais rápidos na categoria 207 Super, a principal do evento. Rodrigo Melo e Pedro Eurico venceram mais uma na 207 Master, enquanto Hugo Alves e Kaique Bentivoglio foram os primeiros na 206. O segundo dia do Rali do Vale do Paraíba repetiu as especiais de sábado, totalizando 50km de trechos cronometrados e quase 170km de deslocamentos entre o Parque de Apoio, o início propriamente dito de cada trecho cronometrado – e o apoio remoto montado na simpática praça central de Jambeiro, município da região com cerca de 6 mil habitantes.

Depois de abandonar as duas provas realizadas há cerca de dois meses em Poços de Caldas (MG), Rafael Túlio e Gilvan Jablonski reverteram o resultado e conquistaram duas vitórias no Vale do Paraíba. Não por acaso, as principais características das estradas que sediaram o rali deste fim de semana – piso liso e grande incidência de curvas – são as que mais agradam a Rafael Túlio, pentacampeão da categoria.

Rafael Túlio e Gilvan Jablonski

“Essa prova foi difícil e muito técnica. Conseguimos fazer um levantamento legal e imprimimos um ritmo bom, apesar de eu ter cometido um pequeno erro no sábado. No domingo fizemos tudo certo e o resultado não poderia ter sido melhor”, disse Túlio.

Para o navegador Jablonski, os resultados obtidos no Vale do Paraíba mantiveram a dupla na disputa pelo título do campeonato apesar do duplo abandono nas etapas de Poços de Caldas. “Tínhamos ficado muito para trás na classificação e, como o campeonato deste ano não tem descarte, temos que chegar bem em todas as provas que restam”, declarou.

Com os resultados deste fim de semana, o piloto paranaense e o navegador de Santa Catarina passaram a somar 48 pontos no campeonato. Eles subiram da terceira para a segunda posição na tabela, e diminuíram de 20 para 14 pontos a diferença que os separa dos líderes. Os primeiros colocados na 207 Super ainda são Fabio Dall Agnol e Gabriel Morales, que terminaram o Rali do Vale do Paraíba com um terceiro e um segundo lugares.

Recuperação na 207 Master – Se para Rafael Túlio correr nas estradas de Jambeiro e Caçapava foi como “jogar em casa”, a dupla Rodrigo Melo e Pedro Eurico se surpreendeu com as duas vitórias obtidas no fim de semana. Fã de etapas como a de Poços de Caldas, mais travadas e realizadas em circuitos fechados, Melo admite que pisos lisos como o do Vale do Paraíba não estão entre os seus preferidos.

Rodrigo Melo e Pedro Eurico

“Estou começando a pegar a mão desse tipo de pista e isso é importante para o campeonato, pois enfrentaremos condição parecida na etapa de Blumenau, a última do ano”, declarou Melo. Foi em Poços que o piloto e o navegador brasilienses venceram pela primeira vez no ano e iniciaram sua recuperação no campeonato depois de um duplo abandono na etapa de São Carlos.

“O campeonato está muito legal e competitivo. Nas especiais deste domingo tivemos mais três duplas que apareceram na briga pelos melhores tempos, e é muito gratificante disputar um campeonato em que todos andam muito próximos”, declarou o piloto. “Uma dupla se adapta mais a uma especial, perde tempo em outra, e ao longo da prova vai achando o seu melhor. Hoje só garantimos a vitória no último trecho cronometrado, quando parti para o tudo o nada. Acabou dando certo”, acrescentou Melo.

Rodrigo Melo e Pedro Eurico

Com três vitórias nas quatro últimas provas da Copa Peugeot de Rally, os brasilienses passaram a somar 46 pontos no campeonato e subiram da sexta para a segunda colocação.

“Começamos um pouco desconcentrados no sábado e, logo na primeira especial, cometemos um erro que nos custou 18 segundos. Conseguimos a vitória, mas durante a noite sentamos para analisar o que poderia ser melhorado para domingo. Com isso, minha navegação começou a bater de forma mais certa com as referências e os tempos começaram a baixar. Na última especial do dia, conseguimos a vantagem que nos deu a vitória”, acrescentou Pedro Eurico.

A liderança na 207 Master é da dupla Júnior Siqueira/KZ Morales. Com com os resultados obtidos em São José dos Campos (um segundo e um quinto lugares), eles subiram da terceira para a primeira posição com 49 pontos, somente três a mais que os vice-líderes Melo e Eurico.

Líderes ampliam vantagem – Se na 207 Super e na 207 Master a etapa de São José dos Campos serviu como oportunidade de recuperação para duplas que haviam sofrido quebras nas rodadas de São Carlos e Poços de Caldas, na categoria 206 foram os líderes do campeonato que brilharam nos cerca de 100km de especiais da rodada.

Jean Pimentel e Thiago Osternack ficaram em terceiro neste domingo

Vencedores da prova do sábado, Jean Pimentel e Thiago Osternack ficaram em terceiro neste domingo, e foram os maiores pontuadores da categoria neste fim de semana. Hugo Alves e Kaique Bentivoglio venceram a etapa deste domingo e ficaram em segundo na soma geral dos pontos obtidos nos dois dias de disputas em São José dos Campos.

“Estamos felizes porque nossa estratégia de corrida tem dado certo. Além da boa preparação do carro e do trabalho da equipe, estamos conseguindo um desempenho pessoal muito bom. Estamos correndo muito concentrados e com isso os resultados estão aparecendo”, comentou Pimentel.

A dupla paranaense vai correr em casa na próxima etapa da Copa Peugeot de Rally, que será disputada nos dias 20 e 21 de outubro em Ponta Grossa (PR).

“Sempre é bom correr em casa, tem um gosto diferente. E, com certeza, o Parque de Apoio vai estar mais cheio para a gente, já que correremos perto dos amigos e da família”, emendou Osternack.

Com as duas vitórias deste fim de semana, Jean e Thiago passaram a somar 59 pontos no campeonato e abriram oito de vantagem para os segundos colocados, Hugo Alves e Kaique Bentivoglio (51).

Hugo Alves e Kaique Bentivoglio

Reta final – Restam quatro provas (divididas em duas etapas duplas) para o encerramento da temporada de 2012 da Copa Peugeot de Rally. Depois de Ponta Grossa, a categoria desembarca em Blumenau nos dias 01 e 02 de dezembro. Veja como terminou o rali deste fim de semana no Vale do Paraíba, e como ficou o campeonatos após três etapas:

Etapa 06
207 Super
1) Rafael Tulio/Gilvan Jablonski, 40min25s7
2) Fabio DallAgnol/Gabriel Morales, 41min46s6
3) Clecio Maestrilli/Sandro Maestrilli, 42min17s8
4) Chiquinho Galucci/Humberto Galucci, 47min38s3
5) Eduardo Barros/Damon Alencar, não completaram
6) Luccas Arnone/Felipe Costa, excluídos

207 Master
1) Rodrigo Melo/Pedro Eurico, 41min56s0
2) Dimas Pimenta/Rodrigo Konig, 42min17s6
3) Moisés Nivoloni/Bruno Borgnovi, 42min20s2
4) Emerson Destro/Sérgio Avallone, 42min21s4
5) Junior Siqueira/KZ Morales, 42min21s6
6) Marlon Goulin/Adriano Paulin, 42min46s9
7) Rafael Lopes/João Ribeiro, 44min13s3
8) Alexandre Silveira/Paulo Bomba, não completaram
9) Ricardo Melo/Hamilton Castro, não completaram

206
1) Hugo Alves/Kaique Bentivoglio, 42min04s4
2) Felipe Mueller/Gerson Lange, 42min27s1
3) Jean Pimentel/Thiago Osternack, 42min29s8
4) Heitor Pavesi/Giovani Bordin, 42min30s1
5) Marcus Cotton/Eduardo Costa, 45min03s8
6) Marco Malucelli/Guilherme Trombini, 54min11s5
7) Silvio Bizaroli/Selma Kadota, 54min33s0
8) Toninho Genon/Sidnei Broering, não completaram
9) Thiago Carbonel/Caio Feres, não completeram

Campeonato
207 Super
1) Fabio DallAgnol/Gabriel Morales, 62 pontos
2) Rafael Tulio/Gilvan Jablonski, 48
3) Luccas Arnone/Felipe Costa, 42
4) Clecio Maestrilli/Sandro Maestrilli, 32
5) Eduardo Barros/Damon Alencar, 23
6) Chiquinho Galucci/Humberto Galucci, 13

207 Master
1) Junior Siqueira/KZ Morales, 49
2) Rodrigo Melo/Pedro Eurico, 46
3) Marlon Goulin/Adriano Paulin, 40
4) Emerson Destro/Sérgio Avallone, 39
5) Tony Kranzegger/Francis Herrero, 35
6) Ricardo Melo/Hamilton Castro, 33
7) Dimas Pimenta/Rodrigo Konig, 29
8) Moisés Nivoloni/Bruno Borgnovi, 22 (27)

206
1) Jean Pimentel/Thiago Osternack, 59
2) Hugo Alves/Kaique Bentivoglio, 51
3) Felipe Mueller/Gerson Lange, 40
4) Heitor Pavesi/Giovani Bordin, 37
5) Toninho Genon/Sidnei Broering, 30
6) Marco Malucelli/Guilherme Trombini, 29
7) Luciano Ferrarini/Cesar Valandro, 26
8) Silvio Bizaroli/Selma Kadota, 20

Texto: Inova Comunicação – Rafael Durante – (11) 7320 8666 / 93*19045
Imagens: Fábio Davini


2146 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response