http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Copa Fusca: Problemas no acelerador tira pódio da dupla Anderson Rocha e Gabriel Miranda

O fim de semana de abertura da temporada 2014 da Copa Fusca começou bem para a dupla Anderson Rocha e Gabriel Miranda, no Autódromo Internacional de Guaporé.

O Fusca #48 veio para 2014 com pintura nova em amarelo e azul e também estreou o novo motor. Também foi a estreia da dupla em Guaporé, em 2013 eles não participaram da etapa na cidade serrana. No sábado o bólido foi para a pista e mostrou bom rendimento nos primeiros treinos do fim de semana. A dupla foi para o classificatório e garantiu a sexta colocação no grid da categoria B.

Gagriel Miranda na primeira bateria

Gagriel Miranda na primeira bateria


Na primeira bateria do domingo Miranda assumiu o controle do #48 e fez uma bela prova. Largou e bem, e consegui abrir mais de meia pista sobre os adversários da mesma categoria. Ele terminou na sexta posição. Segundo o piloto foi um bom resultado, tendo em vista que era um carro praticamente novo. “Além disso, tivemos pouco tempo de treino, no máximo vinte voltas para cada piloto”, enfatiza Miranda. Ele lamenta problema ocorrido na segunda bateria. “Com um cabo de acelerador rompido perdemos o pódio que era quase certo, mas para próxima etapa não vai escapar”.
Anderson Rocha conduziu o #48 na segunda bateria

Anderson Rocha conduziu o #48 na segunda bateria


Na segunda prova Rocha foi para a pista com a missão de terminar a prova em quarto. “Precisava abrir vinte segundos sobre o quinto colocado para pegarmos pódio”. O piloto fez uma boa largada, passando da sexta para a quinta colocação na primeira volta. Rocha partiu para cima em busca do quarto lugar. “Eu estava numa disputa forte com Mauricio Fighera #88 e o Fusca #34 do Ricardo Haag”. Mas na oitava volta arrebentou o cabo do acelerador, e Rocha teve que abandonar a prova. “Difícil aceitar a perda por um rompimento do cabo do acelerador”, desabafa o piloto.

Agora a dupla vai trabalhar para conquistar o primeiro pódio na categoria, na próxima etapa, dia 4 de maio, no Autódromo Internacional de Tarumã.

Texto e fotos: Automobilismo em Foco (Murilo Carvalho – MTB/RS 9161)


1218 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.