http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Copa Classic: 23 carros na etapa realizada no Velopark

Os “Velhozes e Furiosos” da Copa Classic RS mostraram, mais uma vez, a sua força. Foi realizada, no dia 08 de julho, no Autódromo Internacional Velopark, a 3ª etapa 2012 do campeonato gaúcho da modalidade.

Com 23 carros inscritos, um ótimo grid, os “vovôs da velocidade” enfrentaram todo o tipo de clima durante o final de semana. No sábado, o dia foi de chuva, que deu pouca trégua, deixando a pista bastante úmida e com condições de aderência complicadas, tendo que levar os carros “na ponta dos dedos”.

No treino classificatório, realizado no final da tarde de sábado ainda com condição de pista úmida, o pole position foi o Opala Stock #43 de Ramiro Tissott/Marcos Voges, com o tempo de 1:17,140, carro que era quatro cilindros, tendo estreado um motor 6 cilindros nesta etapa.

O pole position da etapa, com o tempo de 1:17,140, e agora com motor seis cilindros.

O domingo amanheceu sem chuva, mas com uma cerração típica do inverno gaúcho, deixando a pista do Velopark com condições mínimas de visibilidade. Em função disto, a largada atrasou em uma hora, até que o sol aparecesse e as condições de visibilidade estivessem razoáveis. Apesar da cerração e do frio, um bom público compareceu para acompanhar as disputas desde cedo.

A cerração foi responsável pelo atraso de uma hora para o início da prova.

Na primeira bateria o Opala #43, com Marcos Voges, rodou na curva 1, tendo o Passat de Mariante desviado por cima na zebra, quebrando o spoiler e com Niltão Amaral pulando da quinta para a 2ª posição após algumas ultrapassagens antes da primeira freada. Após isto, safety car, relargada, e o panorama se alterou, com alguns carros vindo para a frente, destaque para Rogério Franz (Fiat 147) que largou em último e chegou em 3º. O Passat Canhão #8 de Niltão Amaral teve quebra de embreagem a duas voltas do final, quando ocupava o 4º lugar geral e 3º na categoria. O vencedor da bateria foi Diego Mariante, que voou baixo com seu Passat TS, agora com pára-lamas alargados e um visual ainda mais bonito, belo trabalho da equipe Hot Car.

O piloto Marcos Voges acabou rodando na úmida pista do Velopark.

Mesmo tendo quebra do seu spoiler ao passar pela zebra, o piloto Diego Mariante conquista a primeira bateria.

Na 2ª bateria, com piso seco, os gigantes conseguiram tração e foram para a ponta da prova. Opala #43, com Ramiro Tissot, e o Maverick V8 #302 de Leovaldo Petry dispararam na ponta e viraram tempos impressionantes, na casa de 1min05s, que os colocaria à frente, inclusive, de alguns protótipos, caso andassem no Gaúcho de Endurance. Apesar de acabar a bateria na frente, o Opala #43 ficou em 2º na soma, ficando a vitória na FL2 para o Maverick de Petry.

O belo Maverick V8 #302 de Leovaldo Petry, vencedor da segunda bateria.

Belos pegas protagonizaram os pilotos Ramiro Tissot, do Opala #43, e Petry com seu V8 #302.

O Passat Canhão #8 de Niltão Amaral fez bateria de recuperação, largando em 15º e terminando a corrida em 4º geral e 2º na categoria. Outro destaque foi Thadeu Enzweiler, com o Fiat 147 #12 exemplarmente preparado pela MetalGarage/Overboost (Ivoti), que, na sua segunda prova na categoria, andou muito forte, inclusive perto de carros de categorias superiores, demonstrando ser forte candidato ao título na categoria B, em disputa com Fernando Leke e seu Corcel I #74.

Com uma corrida de recuperação, após problemas na primeira bateria, Niltão Amaral chega em 4ª na geral.

Bólido de Thadeu Enzweiller, preparado pela Metal Garage/Overboost, fazendo bonito na Copa Classic.

Os vencedores das categorias foram: Teodoro Janusz (DKW #88, cat. A); Thadeu Enzweiler (Fiat 147 #12, cat. B); Jorge Krug (Passat #47, cat. C); Diego Mariante (Passat TS #58, cat. FL1) e Leovaldo Petry (Maverick V8 #302, cat. FL2). Na geral, após soma das baterias, o vencedor da etapa foi Diego Mariante.

Foi destaque, também, no evento a bela homenagem da categoria à memória de Ronaldo Nique, grande piloto (com destaque na motovelocidade nos Chevettes) e preparador, inclusive na Classic, falecido em fevereiro passado. Sérgio Aguinsky correu com um Chevette #53 (número de Nique) preparado por Garavello, parceiro de Ronaldo por muitos anos. A esposa e as filhas de Nique deram a volta de apresentação a bordo de um Mustang conversível pilotado por Marcelo Bottizzo, e foi entregue um troféu e um pôster com momentos da carreira automobilística à família.

O piloto Marcelo Bottizzo levando a família Nique na volta de apresentação da primeira bateria.

Mais fotos da etapa realizada no Velopark podem ser vistas clicando aqui.

A próxima etapa da Copa Classic será dia 26 de agosto, em Guaporé.

Já está disponível o CD com as imagens da terceira etapa da Copa Classic, entre em contato e adquira o seu!

Texto: Blog do Passatão / Niltão Amaral
Imagens: Automobilismo em Foco (Fernando Peres Nunes) – (51) 9372-0606 / (51) 9468-0906


1985 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response