http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Campos e Robe são tirados da pista e têm corrida comprometida em Cascavel

Apesar dos toques recebidos por seus pilotos, Motortech Competições mantém liderança entre as equipes do Brasileiro de Turismo

A décima e antepenúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo, disputada na manhã deste domingo (30) em Cascavel, deu aos pilotos da série de acesso à Stock Car uma certeza: de que o título de 2015 só será definido na corrida final, marcada para o dia 13 de dezembro em Interlagos. A vitória no Autódromo Zilmar Beux foi do paulista Danilo Dirani, da Bravar Motorsport que largou da pole position e liderou de ponta a ponta.

CAMPOS_PROVA_CASCAVEL_2_600

O resultado da etapa cascavelense impede que haja decisão antecipada do título. Márcio Campos, o líder do campeonato com cinco vitórias, terminou a corrida em sétimo lugar, depois de ser tirado da pista na primeira volta, e foi a 149 pontos. Está 19 à frente do vice-líder paulista Dennis Dirani, que terminou a corrida em terceiro com o carro da Shell Racing. O pódio cascavelense teve ainda Marco Cozzi, da W2 Racing, segundo colocado.

Segundo colocado no grid, Campos teve seu carro tocado logo após a largada pelo do brasiliense Felipe Guimarães. “A pancada comprometeu tudo que a gente pretendia fazer na corrida, porque saí da pista, caí para último e o ritmo de todos era muito parecido”, descreveu o piloto gaúcho da Motortech Competições. “Além disso, tivemos muitas voltas com safety car na pista e em bandeira amarela”, acrescentou o líder do campeonato.

CAMPOS_PROVA_CASCAVEL_1_600

Foram duas as intervenções do safety car na corrida. A primeira ocorreu na segunda volta, quando o paranaense Gustavo Myasava parou seu carro na reta dos boxes. A segunda foi determinada na 18ª das 28 voltas, por conta do problema que obrigou Flávio Matheus a parar ao fim da reta dos boxes. Foi sob bandeira amarela que Gabriel Robe, companheiro de equipe de Campos, teve sua corrida comprometida, também por um toque.

Sexto no grid, Robe figurava em quarto na segunda volta. “De novo me acertaram na bandeira amarela”, queixou-se o gaúcho, que teve seu carro atingido pelo de Adibe Marques – o paranaense, por conta do incidente, seria punido com drive-thru logo após a relargada. “Levei a batida e saí da pista, com o carro desequilibrado. E, mesmo assim, meu ritmo era bom. Acabei perdendo uma posição no campeonato. Queria ganhar uma ou duas”, disse.

CAMPOS_PROVA_CASCAVEL_3

Nas corridas de recuperação a que se submeterem depois dos toques, Campos e Robe terminaram a corrida em sétimo e em oitavo. Esses resultados mantêm a Motortech Competições na liderança do campeonato paralelo entre as equipes, com 234 pontos, contra 206 da Voxx Racing-Shell Racing e 175 da W2 Racing. “Apesar das batidas foi um resultado positivo, conseguimos manter a liderança”, resumiu o chefe de equipe Adilson Morari.

A 11ª e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo, no dia 8 de novembro, será realizada no Autódromo Internacional de Tarumã, na cidade gaúcha de Viamão. A Motortech Competições tem participação na categoria de acesso à Stock Car viabilizada pelo governo do estado do Rio Grande do Sul através do programa PróEsporte. Tecnovidro, Casavitra, Viemar, Roal, Agrale, Biri Refrigerantes e Zezé Biscoitos são empresas parceiras da iniciativa.

BRASILEIRO DE TURISMO – CASCAVEL
(Resultado final da décima etapa após 28 voltas)
1º) Danilo Dirani (SP/Bravar Motorsport), 36min21s350
2º) Marco Cozzi (SP/W2 Racing), a 0s961
3º) Dennis Dirani (SP/Shell Racing), a 3s247
4º) Pedro Boesel (PR/RSports), a 4s406
5º) Lukas Moraes (SP/RR Racing), a 4s429
6º) Renato Jader David (SP/Hitech Racing), a 5s175
7º) Márcio Campos (RS/Motortech Competições), a 5s371
8º) Gabriel Robe (RS/Motortech Competições), a 8s532
9º) Guto Matiazzi (PR/Nascar Motorsport), a 9s569
10º) Adibe Marques (PR/Voxx Racing), a 10s827
11º) Victor Amorim (SP/RSports 2), a 13s878
12º) Renato Braga (GO/RKL Competições, a 26s381
13º) Edson Coelho (MG/J. Star Racing), a 42s762
14º) Felipe Guimarães (DF/W2 Racing), a 1 volta
15º) Mauri Zacarelli (SP/RSports), a 6 voltas
NÃO COMPLETOU
Flávio Matheus (RJ/C2 Team), 11 voltas
Gustavo Myasava (PR/J. Star Racing), a 26 voltas
Melhor volta: Cozzi, na 8ª, 1min06s715, média de 165,012 km/h

CLASSIFICAÇÃO
A duas corridas do término, a classificação do Campeonato Brasileiro de Turismo é a seguinte: 1º) Márcio Campos, 149 pontos; 2º) Dennis Dirani, 130; 3º) Edson Coelho, 99; 4º) Pedro Boesel e Marco Cozzi, 98; 6º) Danilo Dirani, 87; 7º) Gabriel Robe, 85; 8º) Felipe Guimarães, 77; 9º) Adibe Marques, 76; 10º) Felipe Donato, 67; 11º) Gustavo Myasava, 61; 12º) Renato Jader David, 56; 13º) Renato Braga, 52; 14º) Guto Matiazzi, 48; 15º) Lukas Moraes, 43.

Texto: Grelak Comunicação – (45) 3037-6667
Imagens: Calan Sanderson


633 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.