http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Bruno Bertoncello teve participação positiva em sua estreia e foi às finais na Seletiva Petrobras

15ª edição foi disputada nesta terça e quarta-feira no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP)

Competindo pela primeira vez em uma final de Seletiva Petrobras, o gaúcho Bruno Bertoncello (Techspeed | Iame | MG Pneus) foi um dos principais destaques da competição, que reuniu doze pilotos classificados ao longo do ano para lutar por um prêmio de R$ 123 mil. A 15ª edição do evento foi realizada nesta terça e quarta-feira no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), e teve como campeão o carioca Olin Galli.

Uma final de Seletiva Petrobras é um evento distinto dos demais, já que o formato da disputa prevê que os pilotos participem com todo o kart fornecido pelos organizadores. Mais do que isso, ele dividem os karts entre si, o que oferece bastante equilíbrio entre os competidores. O que conta muito na luta pelo título é a experiência na competição, e alguns dos finalistas, como o próprio campeão, já haviam participado de outras edições.
207318_359677_bruno_bertoncello188___jackson_de_souza
“Tive algumas dificuldades no primeiro dia, porque demorei um pouco a me adaptar ao Biland”, explicou Bertoncello, referindo-se ao motor, de quatro tempos e dois carburadores. “É preciso saber dosar a aceleração e fui aprendendo isso aos poucos”, continuou.

Ao fim de dois dias de intensas atividades, que compreenderam tomadas de tempo e corridas em que a velocidade – e também a regularidade – eram levadas em consideração, Bertoncello posicionou-se entre os que poderiam estar presentes na fase final, composta por apenas seis pilotos.

O segundo dia mostrou que as disputas seriam ainda mais intensas e apenas os dois primeiros de cada prova eliminatória passaria direto para a fase final. Bruno Bertoncello (Techspeed | Iame | MG Pneus) não conseguiu se classificar e teve que disputar a repescagem, da qual apenas o vencedor continuaria na disputa. O gaúcho venceu, superando quatro bons nomes do kartismo nacional, e habilitou-se à disputa do prêmio oferecido pela Petrobras.

Ao fim da tarde, depois de disputar duas provas finais, Bruno Bertoncello encerrou sua participação em sua primeira Seletiva Petrobras com o 6º lugar. “Não é uma competição fácil, pelo contrário, e acho que o Bruno se saiu muito bem. Estar entre os finalistas é um grande passo, pois a guiada de um kart na Seletiva é muito particular, muito diferente do dia a dia dos pilotos”, avalia o multicampeão André Nicastro, que atuou como “coach” do gaúcho.

“Ele teve dificuldades no início, se adaptou e aprendeu muito. Em 2014 ele certamente estará pronto para lutar pelo título”, elogia e aposta Nicastro.

KG COM Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)
Fotos: Jackson de Souza


1502 dias ago by in Automobilismo , Kart , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response