http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Augusto Farfus abre temporada 2015 com disputa das 24 Horas de Daytona pela equipe oficial da BMW

Será a terceira participação do piloto brasileiro na tradicional prova norte-americana de endurance, que abre a temporada do Tudor United SportsCar Championship neste fim de semana. Augusto Farfus aposta no bom ritmo de corrida da BMW Z4 GTLM para lutar pela vitória

A temporada 2015 para Augusto Farfus começa oficialmente neste fim de semana (24 e 25 de janeiro), quando o piloto brasileiro vai disputar, pela terceira vez, as 24 Horas de Daytona, uma das mais importantes provas do endurance em todo o mundo e que marcará a abertura do Tudor United SportsCar Championship neste ano. O curitibano de 31 anos vai integrar o rol de pilotos da equipe de fábrica da BMW, o Team Rahal Letterman Lanigan, chefiado pelo ex-piloto norte-americano Bobby Rahal, e pilotará o Z4 na categoria GTLM.
243924_469565_p90171567_highres
Farfus disputou as 24 Horas de Daytona em 2003 e também no ano passado, quando fez parte da equipe Turner Motorsport e guiou o BMW Z4 na categoria GTD. Em 2015, no entanto, Augusto terá a oportunidade de pilotar pela primeira vez para a equipe de fábrica da montadora bávara em Daytona. O brasileiro, único piloto nacional inscrito na classe GT Le Mans, terá como companheiros de equipe velhos conhecidos do DTM, como o canadense Bruno Spengler e o alemão Dirk Werner, além do experiente norte-americano Bill Auberlen, dono de um histórico vencedor no automobilismo dos Estados Unidos.

Entre 9 e 11 de janeiro, Augusto testou com o Team RLL em Daytona. Os tempos obtidos pelos conjuntos da GTLM foram muito próximos, com diferença inferior a 1s entre o primeiro e o décimo carro inscrito. O BMW Z4 GTLM #25 pilotado por Farfus, Spengler, Werner e Auberlen finalizou na sexta colocação. O brasileiro entende que o desempenho do carro não deve ser o melhor na sessão classificatória que definirá o grid de largada, mas aposta no forte ritmo de corrida já demonstrado no ano passado, quando a equipe ficou em segundo lugar, para reunir chances reais de lutar pela sua primeira vitória em Daytona.
243924_469563_p90171570_highres
O cronograma de atividades na pista de 5,73 km, que compreende trechos do famoso oval de Daytona e também do circuito misto, começa na quinta-feira (22) com a realização de treinos livres e, no fim da tarde, da tomada de tempos de 15 minutos, separada por categorias, além de mais uma sessão de treinos. A sexta-feira prevê mais uma bateria de treinos, com uma hora de duração. A largada para a 53ª edição das 24 Horas de Daytona, com 53 carros inscritos, está marcada para 17h10 (horário de Brasília) deste sábado. O canal Fox Sports 2 transmitirá ao vivo o início e o fim da prova.

“Vou para Daytona muito confiante e com uma expectativa bastante positiva. Tivemos um bom desempenho nos treinos no começo do mês, e a equipe teve um ótimo resultado em 2014, quando terminou em 2º lugar. Sabemos que não devemos ter um resultado expressivo na tomada de tempos, mas a BMW Z4 é muito consistente e se comporta muito bem na parte mista do circuito, e isso é fundamental numa corrida de 24 horas. Então, apostamos no nosso ritmo de corrida e no nosso conjunto de pilotos, que é muito forte, para brigar com os líderes e lutar pela vitória”, comenta Farfus.

53ª edição das 24 Horas de Daytona, 2015, programação (horário de Brasília):

Quinta-feira, 22 de janeiro:
12h25 às 13h25 – Treino Livre 1
16h20 às 17h50 – Treino Livre 2
19h25 às 19h40 – Treino Classificatório GT Le Mans
21h30 às 23h – Treino Livre 3

Sexta-feira, 23 de janeiro:
14h25 às 15h25 – Treino Livre 4

Sábado, 24 de janeiro:
17h10 – Largada das 24 Horas de Daytona

EverSports
Fotos: BMW


938 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.