http://farm9.staticflickr.com/8121/8656013157_e45c9229ab_o.pnghttp://automobilismoemfoco.com.br/wp-content/midia/loja-de-rolamentos-novo-hamburgo.gifhttps://c1.staticflickr.com/1/319/32630170275_2dfd0d1bae_o.png

Audi de Lotterer, Tréluyer e Fässler vence Le Mans 6 Horas de São Paulo

Com ritmo forte, trio do carro número 1 contou com problemas dos concorrentes para vencer a prova. Na LMP2, o time da G-Drive Racing foi o vencedor

O Audi R18 e-tron quattro pilotado pelo trio formado por André Lotterer, Benoit Tréluyer e Marcel Fässler venceu na tarde deste domingo (1º) a segunda edição da Le Mans 6 Horas de São Paulo, válida pelo Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC, disputada no autódromo de Interlagos, na capital paulista.

Além de imprimir um ritmo forte ao longo de toda a corrida, o trio do carro número 1 da equipe das quatro argolas viu seus concorrentes enfrentarem problemas ao longo das seis horas de corrida e teve facilidade para vencer a prova, completando 235 voltas. A segunda colocação ficou com o outro Audi, pilotado por Tom Kristensen, Loic Duval e Allan McNish, que tiveram problemas em uma das paradas de box, quando a roda dianteira direita se soltou do carro e parou em cima do carro, e também com um Stop and Go por excesso de velocidade no pit lane.

Tom Kristensen/Loic Duval/Allan McNish

Tom Kristensen/Loic Duval/Allan McNish


O terceiro lugar foi do Lola B12/60 Coupé-Toyota da Rebellion Racing, pilotado por Nicolas Prost, Nick Heidfeld e Mathias Beche, que chegaram com cinco voltas de desvantagem para os vencedores. O Toyota TS030 – Hybrid, principal rival da Audi em Interlagos, se envolveu em um acidente ainda na primeira hora de corrida, após tentar uma ultrapassagem sobre um retardatário, que perdeu o controle do carro, terminando com a prova do vencedor de 2012.

“Com certeza estamos muito felizes, da metade para o final conseguimos alguma vantagem. Conseguimos ganhar a posição dos nossos companheiros no box, depois o Toyota teve um acidente e como nossa corrida foi sem problemas, conseguimos administrar o ritmo e vencer. Só fiquei chateado com a largada, pois não consegui ver as luzes de largada e acabei ficando para trás”, disse Fässler após a corrida.

André Lotterer/Benoit Treluyer/Marcel Fässler

André Lotterer/Benoit Treluyer/Marcel Fässler


Lotterer destacou que os dois Audis e o protótipo da Toyota apresentaram desempenhos semelhantes ao longo do final de semana, e comemorou a vitória. “Não estávamos superiores aos nossos companheiros, durante todo o final de semana estivemos próximos, inclusive com o carro da Toyota. Foi bom, conseguimos fazer dois trechos sem trocas de pneus e de pilotos, então acho que o carro se comportou bem, sem problemas, chegamos onde queríamos”, disse.

“Estamos aqui para ganhar corridas, então o nosso dia foi completo. Aceleramos o quanto pudemos e com o grande trabalho dos meus companheiros, eu evitei contato com outros carros e acelerei fundo para conseguirmos os pontos que nos deixam mais perto no campeonato”, concluiu Tréluyer.

Pela categoria LMP2, a vitória ficou com o Oreca 03-Nissan da G-Drive Racing, pilotado por Roman Rusinov, John Martin e Mike Conway. Os segundos colocados foram Bertrand Baguette, Ricardo Gonzalez e Martin Plowman, que chegaram uma volta atrás dos vencedores com um Morgan-Nissan da OAK Racing.

Roman Rusinov/John Martin/Mike Conway

Roman Rusinov/John Martin/Mike Conway


O grupo dos três melhores foi fechado por outro Oreca 03-Nissan, este, preparado pela Pecom Racing e pilotado por Luis Perez Companc, Nicolas Minassian e Pierre Kaffer. “Foi bom, no começo consegui abrir bastante no tráfego, depois que parei troquei os pneus e consegui abrir mais. Foi um bom final de semana, uma boa corrida e conseguimos conquistar nosso objetivo”, disse Conway após a corrida.

“Para mim foi muito importante o trabalho do Mike para abrir a diferença, porque peguei o carro com algo entre 10 e 20 segundos e foi o que ele fez. Conseguimos fazer dois trechos com o mesmo jogo de pneus, então foi ótimo”, comentou Rusinov. “O resultado foi excelente, fizemos o que queríamos, diminuímos a distância no campeonato, mas ainda temos que lutar muito para conseguir o título”, completou John Martin.

Pódio - LMP1

Pódio – LMP1

Pódio - LMP2

Pódio – LMP2


A próxima etapa do Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC será a 6 Horas de Austin, que acontece entre os dias 20 e 22 de setembro, no Circuit of the Americas, nos Estados Unidos.

Veja a classificação final das categorias LMP1 e LMP2 da Le Mans 6 Horas de São Paulo:

LMP1:
1- André Lotterer/Benoit Treluyer/Marcel Fässler (Audi R18 e-tron quattro/LMP1) – 235 voltas
2- Tom Kristensen/Loic Duval/Allan McNish (Audi R18 e-tron quattro/LMP1) – a 3 voltas
3- Nicolas Prost/Nick Heidfeld/Mathias Beche (Rebellion Racing-Lola B12/60 Coupé-Toyota/LMP1) – a 4 voltas
4- Anthony Davidson/Sébastien Buemi/Stephane Sarrazin (Toyota TS030/LMP1) – a 210 voltas

LMP2
1- Roman Rusinov/John Martin/Mike Conway (G-Drive Racing/Oreca 03-Nissan/LMP2) – 222 voltas
2- Bertrand Baguette/Ricardo Gonzalez/Martin Plowman (OAK Racing/Morgan-Nissan/LMP2) – a 1 volta
3- Luis Perez Companc/Nicolas Minassian/Pierre Kaffer (Pecom Racing/Oreca 03-Nissan/LMP2) – a 1 volta
4- Christian Zugel/Gunnar Jeannette/Bjorn Wiedheim (Greaves Motorsport/Zytek Z11SN-Nissan/LMP2) – a 5 voltas
5- Jaques Nicolet/Jean-Marc Merlin/Keiko Ihara (OAK Racing/Morgan-Nissan/LMP2) – a 8 voltas
6- Olivier Pla/David Heinemeier Hansson/Alex Brundle (OAK Racing/Morgan-Nissan/LMP2) – a 10 voltas
7- Tom Graves/James Walker/Robbie Kerr (Delta-ADR/Oreca 03-Nissan/LMP2) – a 164 voltas
8- Kevin Weeda/Christophe Bouchut (Lotus T128/LMP2) – a 175 voltas
9- Thomas Holzer/Dominik Kraihamer/Jan Charouz (Lotus T128/LMP2) – a 199 voltas

Dinho Leme Comunicação
Fotos: Luca Bassani e José Mário Dias


1870 dias ago by in Automobilismo , Notícias | You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave A Response